HomeRelatório semanal: Ethereum alcanço novo máximo no momento em que bancos mostram suporte a criptomoedas

Relatório semanal: Ethereum alcanço novo máximo no momento em que bancos mostram suporte a criptomoedas

Ethereum fez manchetes esta semana depois de tocar novos máximos na quarta-feira e mais tarde na quinta-feira: eis a sua revisão mensal para abril de 2021

Bitcoin batalha para quebrar 56 000 $, enquanto Ethereum fecha nos 2800 $

Tem sido mais uma semana frustrante para os touros do Bitcoin, que falharam em sua tentativa de enviar o preço BTC acima do nível dos 56 000 dólares. A principal criptomoeda começou mal a semana, depois de um fim de semana que viu seu preço mergulhar abaixo d0s 49 000 $. Os ursos assumiram temporariamente o controle do mercado na segunda-feira, com o ativo afundando ainda mais até um mínimo de 30 dias, pouco acima de 47 000 $.

A criptomoeda conseguiu se recuperar em poucas horas, subindo para 54 200 $, antes de fechar o dia a  53 400 $. O preço do BTC permaneceu em torno do nível dos 54 000 $ na maior parte do dia de terça-feira, atingindo um pico um pouco abaixo dos 55 000 $ no dia. O Bitcoin finalmente cortou acima dos 55 000 $ na quarta-feira, mas não conseguiu ultrapassar os 56 000 $, apesar de breves períodos de tendência de alta. Pelo contrário, negociou em torno desta faixa, seguido por uma ligeira queda para os 54 000 $, na quinta-feira. A criptomoeda está, no momento em o que artigo foi escrito, oscilando em torno de 54 200 $.

O Ether tem desfrutado de uma boa semana, tendo visto um impulso positivo suficiente para empurrar seu preço para cima, ultrapassando os 2700 $. O token tem tido, em geral, uma tendência de alta desde terça-feira, após uma queda para os 2200 $ no início desta semana. O ETH atingiu um pico de 2713 $ na quarta-feira. O preço, no entanto, foi corrigido por algumas horas antes de saltar para trás e quebrar a alta do dia anterior.

O ativo criptográfico oscilou em torno de 2750 $ na quinta-feira, antes de subir para um novo recorde de 2798 $, à noite. Desde então, seu preço caiu, mas, como as coisas estão, ainda há a possibilidade de uma quebra para os 2800 $. O Ethereum está negociando atualmente em torno de 2780 $.

U.S Bank apoia a NYDIG em seu produto de ETF

Através de uma publicação no blog, o U.S. Bank apresentou mais detalhes de seu serviço de custódia de criptomoeda, confirmando que administrará o produto ETF da NYDIG, que aguarda a aprovação da SEC. O blog revelou que o banco está em sua fase final de desenvolvimento da oferta que envolve a seleção de sub-custodiantes e revisões internas.

O banco pretende distribuir o fundo de ETF em Bitcoin da NYDIG no final deste ano, quando o ETF receber a aprovação. A NYDIG solicitou a aprovação da United States Securities and Exchange Commission (SEC) em fevereiro, mas, como outros candidatos, não recebeu nenhum feedback. Na quarta-feira, a Comissão comunicou que empurrou a decisão do pedido da ETF em Bitcoin da VanECk para junho, na melhor das hipóteses.

Chefe do PayPal diz que interesse por criptomoedas superou projeções da empresa

O chefe do PayPal, Dan Schulman, admitiu que a demanda por sua oferta de criptomoedas transcendeu as estimativas iniciais no início desta semana. O prestador de serviços de pagamento entrou no setor das criptomoedas no último trimestre de 2020, quando investidores institucionais estavam fazendo sua entrada. A empresa permaneceu comprometida com as criptomoedas e se engajou em várias atividades relacionadas às criptomoedas.

A mais recente atividade envolve sua subsidiária, Venmo, que anunciou em meados deste mês que estaria apoiando ativos digitais em sua plataforma. Como observado por Schulman, o interesse na oferta de criptomoedas da PayPal tem aumentado face a estes desenvolvimentos.

O chefe do PayPal falou sobre outros tópicos, incluindo a história por trás da investida em criptomoedas pela empresa. Ele revelou que a empresa estava considerando a opção de entrar no espaço das criptomoedas muito antes de dar um primeiro passo. Schulman também abordou o futuro ecossistema financeiro, prevendo que dinheiro e cartões de crédito serão redundantes dentro de uma década. Em sua opinião, os dois serão substituídos por dispositivos móveis e “super apps”.

Turquia implementará regras relativas a criptomoedas no próximo mês

O Banco Central turco confirmou no último fim de semana que iria introduzir novas regras relativas a criptomoedas dentro de duas semanas. Através de seu governador, Sahap Kavacıoğlu, o banco observou ainda que não está procurando proibir as criptomoedas no país. Falando no canal nacional, TRT, Kavacıoğlu explicou que a legislação das criptomoedas garantiria que o setor das criptomoedas no país permanecesse saudável.

O chefe do banco central turco, no entanto, não divulgou nenhuma especificação dos regulamentos propostos. Ele expressou sua preocupação com a saída do dinheiro do país através de criptomoeda, afirmando que era uma situação que precisava ser corrigida. Kavacıoğlu disse que não havia estimativas seguras na altura, mas isso não mudou o fato de que a maioria dos fundos do país perdidos através do criptomoedas não foram recuperados.

O setor das criptomoedas na Turquia tem sido confrontado com desafios nos últimos anos. Não faz muito tempo, o principal banco proibiu seu uso como alternativa para liquidar pagamentos. Houve também dois casos recentes envolvendo bolsas de criptomoedas no país. Um envolveu a bolsa Thodex, cujos usuários apresentaram uma ação alegando que o principal executivo da bolsa, Fatih Özer, tinha roubado fundos. O segundo envolveu a Vebitcoin, cujas contas bancárias estão sendo investigadas pelas autoridades locais. Na sequência destes incidentes, o banco foi forçado, desde então, a rever seus regulamentos.

JP Morgan procura oferecer exposição a criptomoedas a clientes selecionados

Diz-se que o JP Morgan Chase está considerando dar a alguns de seus clientes acesso a fundos de Bitcoin. O banco está se preparando para dar a seus clientes mais abastados uma exposição a criptomoedas nos próximos meses. A mudança fará dele o mais recente banco americano que oferece o serviço, seguindo o Goldman Sachs e o Morgan Stanley.

Ambos os principais bancos confirmaram suas intenções de apresentar fundos Bitcoin a seus clientes privados. Estes últimos já lançaram seus fundos no início do mês e, até agora, tem sido um sucesso. Por outro lado, o Goldman Sachs disse que sua oferta estará disponível a partir do segundo trimestre, o que significa que é provável que a veremos entre agora e o final de junho.

Duas fontes anônimas familiarizadas com o assunto disseram que o JP Morgan colaboraria com a empresa de serviços financeiros de Nova Iorque, NYDIG. Espera-se que esta última atue como a guardiã dos fundos Bitcoin, de acordo com um relatório. Uma fonte divulgou que o banco estaria inclinado a administrar os fundos por conta própria.

O que é todo este alvoroço em torno do Yuan digital?

O Yuan digital chinês tem sido o tema de conversa deste mês, já que ganha tração no país. A China confirmou que a moeda virtual apoiada pelo banco central estava em fase experimental, apresentando programas piloto em diferentes cidades. Embora ainda não tenha sido lançada em escala nacional, ela se tornou uma preocupação significativa para algumas partes.

Os EUA, em particular, não receberam de braços abertos o progresso da moeda digital.  Diz-se que vários departamentos dentro dos Estados Unidos estão investigando a moeda digital para avaliar se ela representa uma ameaça para o dólar americano, no início deste mês. Entretanto, Zhou Xiaochuan, um ex-governador do Banco Popular da China, afirmou que o alcance do yuan digital estaria dentro do país. Xiaochuan afirmou que a moeda digital seria usada internamente e que empregá-la como moeda de reserva global não seria prático, pois teria consequências.

O vice-governador do banco, Li Bo, revelou este mês que havia planos para continuar avaliando a moeda para prepará-la para o evento adiado dos Jogos Olímpicos de Inverno. Esta semana, a empresa chinesa de comércio eletrônico, JD.com, informou que havia pagado os salários de alguns de seus funcionários usando o Yuan digital.

A moeda digital também está recebendo apoio de instituições financeiras. Um relatório da Reuters que surgiu esta semana revelou que seis dos principais bancos chineses estavam apoiando a moeda digital. Alguns desses bancos são o Banco Agrícola da China, o Banco de Construção da China, o Banco da China e o Banco Industrial e Comercial da China. As autoridades dos bancos se comprometeram a oferecer envelopes contendo Yuan digital gratuito aos participantes do próximo festival de compras chinês.

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.