HomeReino Unido pretende aumentar regulamentação das ICOs

Reino Unido pretende aumentar regulamentação das ICOs

O órgão de controle financeiro do Reino Unido anunciou na sexta-feira passada que realizará uma análise mais aprofundada sobre a aplicabilidade das leis nacionais as ICOs, de modo a determinar a necessidade de “ação regulatória adicional”.

Em uma declaração divulgada na sexta-feira e repassada a mídia, a Autoridade de Conduta Financeira (FCA) escreve que pretende realizar um “exame mais aprofundado” dos desenvolvimentos, reunindo mais evidências e informações:

“Queremos determinar se há ou não necessidade de novas ações regulatórias nesta área além do aviso ao investidor emitido em setembro”.

Em setembro, a FCA emitiu uma advertência aos investidores sobre os riscos de ICOs afirmando como “investimentos altamente especulativos de alto risco”. Além disso, mencionou que as ICOs não estão regulamentadas e, como tal, certas proteções disponíveis para outros ativos não se estendem ao mercado.

Outros possíveis riscos mencionados incluem a volatilidade dos preços das criptomoedas e as possibilidades de fraude, entre outros.

A FCA também descreveu brevemente como ele acredita que as empresas por trás das ICOs precisam realizar operações para o “benefício do consumidor”.

O documento DLT da FCA teve 47 respostas de vários participantes do mercado, incluindo empresas regulamentadas, associações comerciais e escritórios de advocacia.

Fonte: coindesk

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: https://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

Tags:

Assine hoje nosso boletim informativo exclusivo !

Emails personalizados

Sem SPAM

Alt coin news

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Veja a nossa política de privacidade aqui.