HomeProteção econômica: Ethereum poderá superar o Bitcoin

Proteção econômica: Ethereum poderá superar o Bitcoin

fevereiro 27, 2020 By Sabrina Martins

Sem dúvida que o Bitcoin é considerado o criptoativo de reserva de valor. Certamente você acompanhou diversas vezes o debate Bitcoin vs Ouro, ou já ouviu que o BTC é o “ouro digital”. Contudo, há outro criptoativo está sendo escolhido como uma reserva de valor, e não é o Litecoin, considerado a prata digital.

Pesquisadores da San Jose State University, na Califórnia, analisaram dados do Ethereum para ver como o criptoativo se comporta como um hedge contra a volatilidade nos mercados tradicionais. De acordo com os pesquisadores, o potencial do ETH é muito subestimado.

Apesar de ambos os ativos digitais serem baseados no blockchain, terem aumentando significativamente de valor e dominarem o espaço de criptoativos, o Ethereum pode ser um hedge superior ao criptoativo original. O ETH consegue oferecer uma tecnologia mais robusta e protocolos mais seguros. Ademais, a principal altcoin tem funcionalidades avançadas que o Bitcoin não possui.

Além disso, os pesquisadores decidiram comparar os movimentos de preço do Ethereum com os do índice S&P 500, ouro e a taxa de câmbio USD/euro durante o período dezembro de 2017/dezembro de 2018. Chegaram à conclusão que o ETH tem sim potencial para ser um hedge contra os mercados tradicionais. Da mesma forma, também pode ser um diversificador para o dólar americano.

Enquanto isso, olhamos para o Bitcoin e vemos como ele tem se comportado como um ativo de refúgio. O BTC está em uma queda constante, saiu de US$9.608 em 20 de fevereiro, para ser negociado a US$8.697 em 26 de fevereiro. Em contrapartida, o ouro, mesmo com o pico de 24 de fevereiro, conseguiu manter uma baixa volatilidade. No mesmo período que o criptoativo, o metal precioso começou a ser negociado a US$51,97 e terminou em US$52,97.

Sendo assim, muitos começaram a criticar o status de “ouro digital” do Bitcoin, pois está se separando do metal amarelo ao invés de andar ao seu lado. É claro que Peter Schiff, grade defensor do ouro e detrator do Bitcoin, não poderia ficar de fora da discussão.

“Nos últimos 5 dias de negociação, o Dow Jones caiu 7,3%, o NASDQ caiu 7,9% e The Grayscale Bitcoin Trust caiu 22%. Em contraste, o GLD, que acompanha o #gold, aumentou 1,6%. Deve ficar claro para os #Bitcoin bugs e @CNBC ancora que o Bitcoin é um risco digital, não um ouro digital”.

Todavia, o que Schiff esquece é que apesar desse momento, o BTC foi superior ao ouro em 16% este ano. Ademais, o ouro que está há anos no mercado. Obviamente tem mais aceitabilidade que um ativo de apenas 11 anos. No próprio Twitter de Schiff vemos que ativos mais velhos que o criptoativo também passaram por perdas. A queda do Bitcoin não significa que ele deixou de ser um ativo de porto seguro frente aos mercados tradicionais. Em suma, quando o BTC conseguir ganhar impulso como os ativos estabelecidos, conseguirá calar os “Peter Schiff” da vida.

 

Clique aqui para ler: Corretora de criptomoedas 3xBit fica offline

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Tags: