HomeO que acontecerá quando os 21 milhões de Bitcoins forem minerados?

O que acontecerá quando os 21 milhões de Bitcoins forem minerados?

homem pensando na mineração de bitcoin

Para o Bitcoin, 21 milhões é um número muito importante, já que esta é a quantidade máxima de Bitcoin que podem ser minerados, portanto, representa o limite das recompensas que os mineradores podem receber. O que acontecerá quando chegar nesse limite?

A partir do momento que Satoshi Nakamoto lançou o Bitcoin na internet, os usuários da criptomoeda começaram a descobrir as diversas qualidades da primeira criptomoeda, sendo uma das principais o limite máximo de 21 milhões, isto quer dizer que a oferta de Bitcoin no mercado não é infinita. Pelo contrário, à medida que o tempo avança, a recompensa pela mineração diminuirá e em algum momento esse número chegará a 0, quando o último Bitcoin for extraído. Isso afetará a oferta de Bitcoins no mercado.

Até o momento, a mineração tem uma operação bastante simples. Os mineradores emprestam seu poder de processamento à rede Bitcoin para autenticar as transações feitas por seus usuários e registrar as transações na Blockchain.

Em troca desse serviço, os mineradores recebem duas recompensas: por um lado, recebem a comissão que os usuários pagam nas transações e, por outro, recebem uma certa quantidade de Bitcoins criados pela rede como recompensa por seu esforço, este segundo processo pode ser chamado de “mineração”.

No entanto, a recompensa pela mineração não será constante. Pelo contrário, aproximadamente a cada 4 anos assistimos a um evento conhecido como “Halving” redução pela metade. Essa redução ocorre a cada 210.000 blocos extraídos na rede Bitcoin, e consiste na redução pela metade da recompensa obtida para cada bloco minerado, juntamente com o aumento na dificuldade do processo.

Inicialmente, para cada bloco minerado, 50 Bitcoins eram gerados para serem distribuídos entre todos os mineradores que participaram do processo, passando posteriormente uma recompensa de 25 BTC, até atingir o alor atual, quando somente 12,5 BTC são gerados para cada bloco. Este processo de redução pela metade continuará, no mesmo ritmo que tem hoje, quando 17,8 milhões de BTC já foram minerados, e terminará com a mineração do último Bitcoin no ano 2140.

Se a princípio o aumento da dificuldade e a diminuição da recompensa parecerem um incentivo para que os mineradores abandonem seu trabalho após cada halving, a verdade é que a diminuição na oferta de novos Bitcoins no mercado também influencia o preço da criptomoeda , empurrando-o para cima. Isso faz com que o trabalho do minerador continue a ser lucrativo, mesmo que seja mais complicado, pois não só aumenta a dificuldade, mas também o valor econômico da recompensa.

Agora sabendo que o halving é inevitável, o mercado precisar garantir uma certa estabilidade das atividades de mineração. Mas o que realmente impedirá que os mineradores parem de exercer essa atividade que é fundamental para o funcionamento da rede? Pois um evento como este ameaçaria a própria continuidade da rede Bitcoin, porque sem mineradores processando as transações, estas são impossíveis.

O próprio Bitcoin tem a resposta para essa questão, já que sua programação inclui o ajuste na dificuldade de mineração quando o último Bitcoin foi gerado, auto-corrigido após 2016 blocos para corresponder ao número de mineradores restantes no sistema. Isso, juntamente com a melhoria na velocidade de processamento dos computadores até 2140, garantiria a continuidade da rede Bitcoin, mesmo que a origem da receita da mineração venha somente das taxas pagas pelos usuários.

Outro elemento a favor da continuidade do Bitcoin, uma vez emitido o número BTC 21 milhões, é o constante aumento na adoção de criptomoedas, pois quando o uso do Bitcoin aumentar e seu preço se estabilizar, o nível de comissões gerado será suficiente para recompensar os mineradores.

Portanto, embora exista um limite para a quantidade de Bitcoin, limite esse necessário para evitar a inflação da criptomoeda e a sua depreciação no mercado, podemos ficar calmos, porque muito provavelmente isso não afetará o mercado, as transações na rede, nem o processo de mineração que mantém o sistema.

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.