O mundo não precisa de muitos criptoativos

0 Comentários

O ano de 2019 se aproxima de seu fim e a década terminará com mais de 4.900 criptoativos listados no CoinMarketCap. Satoshi Nakamoto ao inventar o Bitcoin com certeza não imaginou a grandeza que esse criptoativo teria e muito menos quantos outros viriam através dele.

Essa abundância de moedas digitais para muitos é considerada desnecessária. O CEO da Ripple, , é um dos que considera dispensável essa quantidade de criptoativos e afirmou que “o mundo não precisa de mais de 3.000 criptomoedas”.

O último “The Ripple Drop” de 2019 aconteceu e os executivos da segunda altcoin mais poderosa compartilharam suas previsões para 2020. Os executivos veem um futuro brilhante para as altcoins. Entretanto, acreditam que muitas virarão pó.

Brad Garlinghouse continua com sua visão de que o mercado de blockchain irá se consolidar. Além de acreditar que metade dos 20 maiores bancos do mundo deterá e negociará ativamente ativos digitais em 2020, Garlinghouse afirma que não há necessidade de milhares de moedas. Em 2020 o mercado amadurecerá e terá “uma migração para a qualidade”.

“Acho que você continuará vendo a consolidação. Sim, o mundo não precisa de mais de 3.000 criptomoedas por aí, e acho que o utilitário confirmará que haverá uma migração para a qualidade, se você precisar”.

David Schwartz, CTO da Ripple, concorda com Garlinghouse. Schwartz foi ainda mais profundo ao afirmar que haverá uma qualidade nos projetos de blockchain. Schwartz acredita que as cadeias de blocos que podem resolver problemas reais e melhorar a vida das pessoas terão vantagens.

“Mas acho que vamos aumentar o crescimento do blockchain em diferentes casos de uso. Acho que o foco continuará, você pode resolver o problema real”.

O último evento do ano trouxe também algumas lembranças de 2019. O Libra, projeto do Facebook, foi citado pelos principais nomes do Ripple. O que não causa espanto, pois foi o assunto mais comentado do mercado neste ano.

Garlinghouse disse que a apresentação do Libra foi uma grande surpresa e que teria uma receptividade melhor por parte dos governos se tivesse um White Paper com um planejamento superior.

A vice-presidente global de mercados institucionais da Ripple, Breanne Madigan, concordou com Garlinghouse. Madigan ainda acrescentou em sua explicação que o anúncio trouxe um impulso global às estruturas regulatórias em torno de ativos digitais e tecnologia blockchain.

“Eu diria que algumas coisas me surpreenderam este ano. Um era o grau em que o projeto Libra tinha a capacidade de catalisar governos globais em todo o mundo a se unirem e começarem a entender a urgência em torno do desenvolvimento de estruturas regulatórias”.

Garlinghouse também não deixou de comentar uma das grandes conquistas da Ripple em 2019, o convencimento da MoneyGram com a tecnologia XRP.

“Ter passado talvez um ano conversando com a equipe de liderança da MoneyGram e vendo a transição do ceticismo para a advocacia significativa ao longo do ano foi realmente profundo. Inicialmente, houve alguma dúvida para eles verem a On-Demand Liquidity resolver um problema real e ouvi-los falar sobre o trabalho que estamos fazendo com eles em suas chamadas de ganhos foi certamente um grande evento “aha” e muito gratificante em 2019”.

Clique aqui para ler: Desconhecido saca 100 Bitcoins de moeda Bitcoin Casascius

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.