HomeSaiba o momento ideal para comprar Bitcoin

Saiba o momento ideal para comprar Bitcoin

agosto 7, 2019 By Diego Marques

 

Se para os experientes os movimentos diários do preço do Bitcoin assustam, imagina quão assustados não ficam os novatos que todos os dias chegam no mercado. 

Recentemente a volatilidade do Bitcoin mostrou sua cara, quando o Bitcoin subiu 20% em poucos dias, mas logo depois o preço caiu mais de US$ 1000 e fez jus a sua fama de ser reconhecido como um ativo muito volátil.

Mas olhando um gráfico de longo prazo do Bitcoin veremos que a tão falada volatilidade da criptomoeda, é na verdade oportunidades de comprar Bitcoin pensando no longo prazo.

Um gráfico, compartilhado pelo analista Willy Woo, registra as melhores janelas de oportunidade de compra. Usando um indicador chamado ribbon difficulty “dificuldade de faixa de opções”, ele conseguiu prever os melhores momentos de compra nos últimos dez anos.

Qual o momento ideal de comprar?

Seguindo a técnica de Willy Woo, o momento ideal para comprar Bitcoin é quando as linhas se juntam (fica muito fina) ou quando a linha mais grossa e escura cruza as linhas mais fracas) como mostrado abaixo.

gráfico de preço do bitcoin

Acima é possível constatar que o indicador Bitcoin conseguiu prever com precisão no início de 2019 o melhor momento para começar a acumular Bitcoin, desde a indicação de compra, houve uma valorização de 200% no preço da criptomoeda.

O indicador mostrou de maneira bem precisa, o melhor momento de compra, indicando o momento onde o preço chegou no nível mais baixo no final de 2018 e início de 2019. Foi exatamente nesse ponto que muitos investidores e fundos de investimento começaram a comprar Bitcoin.

Esse indicador confirma uma estratégia de investimento que diz: compre quando há sangue nas ruas. Em outras palavras, você compra ativos quando o medo começa a dominar o mercado e vende quando a ganancia domina os traders e todo mundo quer comprar.

Qual o segredo desse indicador

As linhas são as médias móveis da atividade de mineração e permite ter uma visão na variação da dificuldade de mineração do Bitcoin. O próprio Willy Woo explicou num tweet, como a mineração do Bitcoin afeta o preço da criptomoeda. Veja abaixo:

“Conforme novas moedas são mineradas, os mineradores vendem algumas de suas moedas mineradas para pagar os custos de produção. Isso pressiona o preço para baixo (aumento da oferta). Os mineradores mais fracos vendem mais moedas para permanecerem operacionais. Quando se torna insustentável, eles capitulam (desligam as máquinas), o poder de hashing e a dificuldade de rede diminuem devido o ajuste automático da rede), deixando apenas as grandes mineradoras, que vendem menos, e então a oferta diminui, impulsionando o preço pra cima”.

Clique aqui para ler: Especialista avalia futuro do Bitcoin e outras criptomoedas

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais: