HomeMedo fará os Estados Unidos lançarem uma criptomoeda

Medo fará os Estados Unidos lançarem uma criptomoeda

novembro 21, 2019 By Sabrina Martins

O Bitcoin há alguns anos era considerado apenas um dinheiro da internet utilizado por “nerds”. Entretanto, o seu crescimento foi tamanho que inspirou diversos outros projetos de criptoativos e ainda vem evoluindo muito no meio das maiores economias mundiais. Sem o Bitcoin não existiria o Blockchain, que a China vem mostrando muito interesse nos últimos dias, e tão pouco existiria a ideia do Libra que vem causando a preocupação de um dos maiores opositores das criptomoedas, os Estados Unidos. Devido a este último fato o Federal Reserve está pensando em desenvolver uma criptomoeda no país norte-americano.

Os banqueiros do banco central dos EUA especulam a possibilidade de desenvolver uma moeda digital que estaria diretamente disponível para empresas e famílias. Esta informação foi confirmada pelo presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, nesta terça-feira (19).

“Embora atualmente não desenvolvamos uma moeda digital do banco central, avaliamos e continuamos a analisar cuidadosamente os custos e benefícios de buscar tal iniciativa nos EUA”, escreveu Powell na carta em resposta aos legisladores French Hill (deputado republicano) e Bill Foster (deputado democrata).

Na carta enviada em setembro deste ano (2019), os deputados afirmaram que o Banco Central deveria considerar uma criptomoeda apoiada pelos EUA para permanecer competitivo.

“Estamos preocupados que o primado do dólar possa estar em risco a longo prazo devido à ampla adoção de moedas digitais… pode se tornar cada vez mais imperativo que o Federal Reserve tome o projeto de desenvolvimento de uma moeda digital em dólares americanos”.

Powell ainda acrescentou que os EUA, poderiam estar de alguma maneira melhor posicionados do que outros países que analisaram essa proposta. Essa afirmação pode vir da posição privilegiada dos Estados Unidos como a maior economia mundial.

“Estamos monitorando cuidadosamente as atividades de outros bancos centrais para identificar os benefícios potenciais que podem ser relevantes no contexto dos EUA. Até o momento, nossa observação é que muitos dos desafios que eles esperam enfrentar não se aplicam aos EUA”.

Uma empresa privada como o Facebook ou uma grande potência como a China realmente colocam os Estado Unidos em posição de urgência nesse assunto já que o país norte-americano não quer ficar para trás e perder a primazia do dólar.

Esse medo da perda precedência do dólar foi observado no senado americano quando a ex Presidente da Federal Deposit Insurance Corporation, Sheila Bair, disse que o FED precisa se apressar.

“Se o FED não ficar à frente dessa tecnologia de amadurecimento rápido, temo que os esforços do setor privado para eclipsar os sistemas monetários fiat se adiantarão a eles, com potenciais interrupções em nosso sistema bancário e, no pior dos cenários, perda de controle de nossa própria moeda”.

Os planos do Facebook de lançar sua criptomoeda podem ser barrados pelas regulamentações. Contudo, isso não impedirá que outras grandes empresas privadas avancem nesse mercado. Justamente por isso se os Estados Unidos não se posicionar outro país o fará e com uma grande vantagem sobre o gigante americano.

 

Clique aqui para ler: Binance compra exchange da Índia e amplia seu mercado para o país

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

 

Tags: