Mastercard desenvolverá uma carteira blockchain

4s Comentários

cartão mastercard

Parece que a gigante financeira Mastercard, decidiu se antecipar ao Facebook e avançar no mercado de criptomoedas e blockchain.

A empresa anunciou vagas de emprego para profissionais no gerenciamento de produtos blockchain. Entra as vagas estão inclusos: Diretor de Gerenciamento de Produto — Criptomoedas / Carteiras, Diretor de Desenvolvimento de Produto e Inovação — Blockchain Solutions Architect e Vice-presidente Gerenciamento de Produtos — Blockchain / Criptomoedas.

Todas as vagas exigem experiência no gerenciamento de produtos de carteira com criptomoedas para identificar novas oportunidades e trabalhar com uma equipe multifuncional composta por franquia, compliance, regulamentação, produtos, laboratórios, regiões e tecnologia, para desenvolver novos produtos e soluções. As três vagas são baseadas no escritório da Mastercard em São Francisco.

Não há menções de quais ativos digitais serão aceitos, mas há especulações que essa carteira seria um suporte para a Libra do Facebook. Vale ressaltar que recentemente saiu a notícia de que a moeda do Facebook será lançada no início de 2020 e a empresa é uma das defensoras do projeto.

Essa não é a primeira vez que a Mastercard se relaciona com blockchain. Há pouco tempo houve um anúncio de parceria da empresa com a Bahrain’s Electronic Network For Financial Transactions (Benefit) uma empresa responsável por operações de caixas eletrônicos e máquinas POS para lançar um programa piloto de blockchain que permitirá aos bancos oferecer pagamentos comerciais além de fronteiras, com segurança, privacidade e rapidez. Em fevereiro a Mastercard fez parceria com a Stellar para promover a tecnologia blockchain. No ano de 2018 a empresa contratou engenheiros de software e especialistas em blockchain para ampliar sua agenda de inovação e registrou uma patente para transações anônimas em blockchain. Ainda em 2017 a empresa anunciou que estava operando para criar sua própria Blockchain.

“Estamos sempre buscando formas de trazer novas ideias e novas inovações para o mercado, criando valor para nós, nossos clientes e portadores de cartões. Os pedidos de patente fazem parte desse processo, tomando medidas para proteger a propriedade intelectual da empresa, independentemente de a ideia chegar ou não ao mercado”,  disse Seth Eisen, vice-presidente sênior de comunicações da Mastercard em um e-mail para a CNBC.

É notável como mais e mais empresas se envolvem com a blockchain na corrida para se tornar líder nas soluções de pagamento. Dan Schulman, presidente do Paypal disse que vê um potencial na blockchain para criar diferentes formas de moedas e que a tecnologia pode ajudar na missão da empresa de incluir e servir mais pessoas no sistema financeiro.

Embora a Mastercard não tenha se pronunciado até o momento da escrita do artigo  sobre o assunto, podemos perceber que não quer ficar no meio e muito menos atrás nessa inovação.

Clique aqui para ler: Holder desiste de Tron e migra para Ripple

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.