HomeLitecoin quer se tornar uma moeda de privacidade

Litecoin quer se tornar uma moeda de privacidade

janeiro 29, 2019 By Matheus Henrique

O sucesso da Grin (GRIN) com certeza trouxe de volta toda a animação e interesse pelas moedas baseadas em privacidade. Além dela, o Beam (BEAM) também foi relativamente bem desde o seu lançamento. Ambas as moedas foram lançadas com o protocolo de privacidade Mimblewimble. Porém, não são só as moedas novas que estão querendo aproveitar essa onda de sucesso.

A Litecoin (LTC), uma das principais altcoins do mercado, está focada em se tornar uma moeda privada, pelo menos é o que indica um tuíte feito por Charlie Lee, o criador da criptomoeda. Segundo o post, a LTC quer começar a usar Transações Confidenciais para alcançar fungibilidade.

https://twitter.com/SatoshiLite/status/1089935081337085952

“Fungibilidade é a única propriedade de moeda segura que não está no Bitcoin e no Litecoin. Agora que o debate sobre escalabilidade ficou para trás, o novo campo de batalha vai ser a fungibilidade e a privacidade.

Eu agora estou focado em tornar o Litecoin mais fungível ao acrescentar as Transações Confidenciais”.

Essa não foi a primeira vez que Lee demonstrou interesse em trazer funções de privacidade para o Litecoin. Em agosto do ano passado, o criador do Litecoin realizou uma pesquisa no Twitter para saber qual a opinião dos investidores sobre acrescentar funções de privacidade no Litecoin e qual seria o melhor protocolo.

As opções que Lee propôs para a comunidade incluíam o protocolo de Transações Confidenciais (Confidential Transacions), Zk-Snarks/Zk-Starks e o Mimblewimble, além da opção de votar em não adotar privacidade. No fim da votação, a comunidade optou pelo Confidential Transacions para ser implementado na rede. Porém, a opção de “Não acrescentar privacidade” ficou em segundo.

O protocolo de Transações Confidenciais (Confidential Transacions) foi desenvolvido inicialmente pelo desenvolvedor de bitcoin Gregory Maxwell. Ele funciona criptografando a entrada e saída de dados das transações usando um “fator de cegueira” que utiliza uma série de números que embaralham informações identificáveis associadas com os endereços.

Considerando a maneira que Lee escreveu seu tuíte, é possível garantir que o foco primário da Litecoin é adicionar o recurso de privacidade, quem sabe ainda esse ano. A privacidade acrescentaria mais utilidade à Litecoin, ajudando a separar a moeda do Bitcoin e das outras altcoins do mercado.

Veja também: Recuperação do Bitcoin pode ser difícil!

Tags: