HomeKuCoin deixará de atender usuários chineses até o final do ano

KuCoin deixará de atender usuários chineses até o final do ano

A intensificação da proibição do mês passado pelo Banco Popular da China está pressionando as bolsas que atendem usuários chineses

KuCoin juntou-se à lista de entidades cripto que suspendem o serviço a clientes na China Continental. De acordo com a empresa, a decisão foi tomada em conformidade com a ordem do Banco Popular da China (PBoC), que declarou a comercialização de criptomoedas ilegal. O banco central levou outros nove órgãos governamentais a promulgar a ordem no final do mês passado. A proibição foi baseada nos riscos de crime e fraude associados ao uso de criptomoedas.

A KuCoin, fundada em 2013, informou aos usuários chineses na plataforma em 3 de outubro que eles tinham até o final do ano para fechar todas as posições ativas e retirar seus fundos da carteira da bolsa. A bolsa informou que enviará lembretes subsequentes aos clientes afetados por e-mail até o prazo final de 31 de dezembro. KuCoin explicou ainda que seguindo ordem governamental, realizou uma revisão interna para chegar a um veredicto de que deixar o país era a melhor opção para a bolsa.

O PBoC perseguiu empresas de criptomoeda na China este ano. Com o desenvolvimento do Digital Yuan (CBDC da China) em andamento, o governo endureceu ainda mais as regras sobre outras criptomoedas. Não apenas o comércio foi vítima, como o governo chinês também reprimiu a mineração, com o estado citando preocupações ambientais.

O anúncio da KuCoin segue o da Huobi, que aconteceu há cerca de uma semana. A Huobi Exchange informou ao público que não aceitaria mais novos usuários da China. A bolsa acrescentou que encerraria progressivamente todas as contas ativas até 31 de dezembro. Huobi, desde então, moveu 100.000 bitcoins de seu pool de mineração para gerar aproximadamente $4 bilhões em fundos que supostamente serão usados para compensar retiradas de clientes.

"A Huobi Global retirará gradualmente as contas de usuário existentes da China Continental até as 24:00 (UTC + 8) em 31 de dezembro de 2021, para garantir a segurança dos ativos dos usuários. Informaremos os usuários sobre as disposições e detalhes específicos por meio de anúncios oficiais, e -mails, mensagens de caixa de entrada, etc."

A Huobi já havia começado a realocar parte de seus negócios ao tentar reduzir o tamanho das operações na China. Espera-se que a bolsa mude sua atenção para locais amigáveis à criptomoeda, como Cingapura. Além da Huobi, a Binance também anunciou que havia parado de aceitar registros de números de celulares chineses e que o aplicativo Binance não estava mais disponível naquela região.

"A Binance leva suas obrigações de conformidade muito a sério e está comprometida em seguir os requisitos regulatórios locais onde quer que operemos", disse um porta-voz da Binance à CNBC.

Etiquetas:
Aceita clientes dos EUA
Plataforma premiada de negociação de criptomoedas
Grande variedade de ativos de criptografia
Abra sua conta agora!

Usamos cookies para personalizar conteúdos e anúncios, fornecer recursos de mídia social e oferecer a você uma experiência melhor. Ao continuar navegando no site, ou clicando em "OK, obrigado", você aceita o uso de cookies.