HomeExchanges na Coréia do Sul agora são reconhecidas oficialmente pelo governo

Exchanges na Coréia do Sul agora são reconhecidas oficialmente pelo governo

Nesta semana, portais de noticias revelaram que o governo da Coréia do Sul chegou a um entendimento para aceitar  e reconhecer as exchanges como negócios financeiros regulamentados, gerando assim uma nova indústria destinada as plataformas de negociação de moedas digitais.

Em pouco tempo o quadro regulamentar advindo desse entedimento por parte do governo Sul-coreano, as negociações pode ter um impacto negativo em ambas as plataformas de negociação e investidores, pois serão impostas políticas mais rigorosas principalmente a: “Conheça seu Cliente” (KYC , por sua sigla em Inglês), Anti-Money Laundering (AML , por sua sigla em Inglês) e verificação do cliente.

Exchanges como BithumbCoinone e Korbit provavelmente tenham que alterar seus sistemas internos de gestão e melhorar radicalmente as normas de segurança para atender as novas políticas.

Se no curto prazo pode haver um impacto negativo, no longo prazo, os analistas acreditam que a decisão do governo de legitimar o mercado de criptomoedas vai abrir as portas para grandes investidores institucionais e varejistas que entraram nesse novo setor financeiro, o mercado de criptomoedas, tal decisão do governo da Córeia permitirá que os ativos digitais sejam considerados uma classe de ativos em desenvolvimento.

As autoridades coreanas também modificarão a regulamentação existente, afim de facilitar o desenvolvimento de sistemas descentralizados, como Ethereum e EOS.

A aceitação e a posterior regulamentação das exchanges ao serem reconhecidas como instituições financeiras proporcionará à Financial Services Commission ( FSC ) controle e autoridade diretos sobre o setor monetário digital. Por isso, com relação à proteção dos investidores, espera-se que na Coréia do Sul o setor sofra mudanças significativas nos próximos meses. No curto prazo um impacto negativo, mas no longo prazo um resultado extremammente positivo.

Ao longo dos anos, o governo da Coreia do Sul preferiu intervir no setor das criptomoedas através das regulamentações e políticas, principalmente focadas em evitar ataques hackers, como aconteceu na Bithumb e Coinrail no início de 2018.

Fonte: diariobitcoin

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.