HomeEthereum: Desvalorização de 80% em relação ao Bitcoin

Ethereum: Desvalorização de 80% em relação ao Bitcoin

Durante a grande febre de ICO em 2017 o Ethereum estava em alta. Milhares de projetos adotaram a blockchain Ethereum para lançar seus ativos descentralizados. As ICOs levantaram milhões de dólares. Isso aumentou a demanda pelo ETHER, levando seu preço até U$1.420 por token.

Toda essa agitação acabou depois que a maioria das startups blockchain baseadas no Ethereum falharam ou provaram ser uma fraude total. Os ativos privados que eles distribuíram através de vendas em público caíram maciçamente devido à falta de apoio concreto de um modelo de negócios surpreendente. Isso novamente teve um impacto proporcional no ETHER, cujo valor começou a cair em resposta. Em dezembro de 2018, o preço do token tinha caído para $89,90.

Durante a sua ascensão, o Ethereum atraiu boa parte dos investidores que detinham Bitcoin. Em 1.º de fevereiro de 2018, o ETH havia aumentado mais de 430% em relação ao Bitcoin. Pode-se dizer que a primeira criptomoeda descentralizada perdeu muitos investidores para a alternativa mais jovem.

No entanto, o fim da mania das ICOs levou os investidores a deixarem o Ethereum. Muitos desses retornaram aos mercados fiduciários. Outros, que queriam permanecer dentro do mundo das criptomoedas, voltaram para o Bitcoin ou outras alternativas de projetos blockchain.

Em 16 de julho de 2019, o Ethereum estava sendo negociado a 83,77% abaixo de sua alta histórica contra o Bitcoin. Isso, por sua vez, aconteceu devido ao crescente domínio do Bitcoin no mercado de criptomoedas. Nenhuma  Altcoin correspondeu aos sentimentos fortes do mercado como o Bitcoin. E o Ethereum, atormentado pelo infortúnio das ICOs, também sofreu do mesmo modo que as moedas alternativas.

Os apoiadores do Ethereum ultimamente tentam mudar a narrativa de suas ofertas. Depois das ICOs, o novo carro chefe do bloco é o Descentralized Finance (DeFi), um método que permite a tomada de empréstimos e negociação de ativos no topo do blockchain Ethereum. Além disso, o DeFi permite que os desenvolvedores criem e emitam derivativos lastreados em ativos no ledger público.

Além do DeFi, existem também tokens baseados no Ethereum que sobreviveram ao banho de sangue das ICOs. Alguns deles, como o LINK, que teve um desempenho excepcionalmente bom contra o Bitcoin durante o segundo trimestre fiscal deste ano. Foi um aumento de 800% em relação ao dólar dos EUA em um ponto este ano, mas corrigido para baixo em 30%.

O cenário atual permite que o Bitcoin conduza os ganhos no mercado de criptomoedas. A adoção institucional e uma abordagem orgânica para obter um padrão regulatório global estão criando um ambiente adequado para que os investidores testem o Bitcoin. Apesar de seu menor número de fundamentos positivos, o Ethereum também está atraindo os interesses de empresas como HTC, Fidelity e Google .

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.