Enel Energocompany: Empresa que fornece energia elétrica na Europa não quer vender eletricidade para mineradoras de criptomoedass

2s Comentários

Segundo a Reuters, representantes da maior empresa de energia elétrica da Europa a Enel são contras ao fornecimento de eletricidade para empresas envolvidas na mineração de criptomoedas.

Segundo eles, a empresa internacional Enel “não tem o menor interesse” em vender eletricidade para empresas que produzem criptomoedas através da mineração.

“Enel escolheu o caminho da diminuição da emissão de carbono e do desenvolvimento sustentável. O uso intensivo de energia elétrica para a mineração de criptomoedas é considerado por nós irracional e não corresponde ao nosso modelo comercial”, disseram os representantes da empresa, cujo maior acionista é o Ministério da Economia e Finanças da Itália.

Enquanto isso, a Bloomberg informou que a Enel está negociando a venda de energia renovável pela empresa mineira suiça Envion AG.

Vale ressaltar que o consumo de eletricidade pelas empresas de mineração está crescendo constantemente. Um relatório recente da Morgan Stanley diz que atualmente 22 Twh de eletricidade são consumidas para a produção de criptomoedas. De acordo com as previsões dos analistas, neste ano esse número poderá crescer para até 125-140 TWh, o que representará 0,6% do consumo mundial de energia elétrica.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.