HomeEnel Energocompany: Empresa que fornece energia elétrica na Europa não quer vender eletricidade para mineradoras de criptomoedass

Enel Energocompany: Empresa que fornece energia elétrica na Europa não quer vender eletricidade para mineradoras de criptomoedass

Segundo a Reuters, representantes da maior empresa de energia elétrica da Europa a Enel são contras ao fornecimento de eletricidade para empresas envolvidas na mineração de criptomoedas.

Segundo eles, a empresa internacional Enel “não tem o menor interesse” em vender eletricidade para empresas que produzem criptomoedas através da mineração.

“Enel escolheu o caminho da diminuição da emissão de carbono e do desenvolvimento sustentável. O uso intensivo de energia elétrica para a mineração de criptomoedas é considerado por nós irracional e não corresponde ao nosso modelo comercial”, disseram os representantes da empresa, cujo maior acionista é o Ministério da Economia e Finanças da Itália.

Enquanto isso, a Bloomberg informou que a Enel está negociando a venda de energia renovável pela empresa mineira suiça Envion AG.

Vale ressaltar que o consumo de eletricidade pelas empresas de mineração está crescendo constantemente. Um relatório recente da Morgan Stanley diz que atualmente 22 Twh de eletricidade são consumidas para a produção de criptomoedas. De acordo com as previsões dos analistas, neste ano esse número poderá crescer para até 125-140 TWh, o que representará 0,6% do consumo mundial de energia elétrica.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: https://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

Tags:

Assine hoje nosso boletim informativo exclusivo !

Emails personalizados

Sem SPAM

Alt coin news

Cancele a inscrição quando quiser

Após a inscrição, de vez em quando, você também poderá receber nossas ofertas especiais por e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir seus dados a terceiros. Veja a nossa política de privacidade aqui.