HomeEconomistas finlandeses dizem que o Bitcoin não pode ser regulamentado

Economistas finlandeses dizem que o Bitcoin não pode ser regulamentado

O Banco da Finlândia publicou um relatório em 5 de setembro que elogiou a complexa infra-estrutura por trás do Bitcoin que evita a manipulação de agentes antiéticos.

Inovação Econômica

Os economistas que trabalham para o Bank of Finland, Gur HubermanJacob Leshno e Ciamac Moallemi, afirmaram que o Bitcoin é realmente uma moeda com um sistema revolucionário.  Os três também apontam o grande poder por trás da criptomoeda para evitar ameaças de manipulação. Isto é devido às características fundamentais por trás da tecnologia blockchain que fornece acesso a um livro aberto para todos os usuários terem acesso e assim descentralizar o software.

Todas as descobertas podem ser encontradas em um relatório divulgado pelo Banco da Finlândia em 5 de setembro. O relatório fornece uma análise minuciosa do Bitcoin, ao mesmo tempo que fornece aos leitores uma compreensão profunda de como a moeda funciona. A força motriz do relatório compara as formas de pagamento centralizadas (Fed Wire, Swift, Visa e Paypal) com o Bitcoin. O título do documento explica tudo: “Monopólio sem monopolista: uma análise econômica do sistema de pagamento Bitcoin”.

A partir de então, os três economistas explicam, como Satoshi Nakamoto elaborou o relatório inicial, sobre o funcionamento do Bitcoin, “na ausência de uma organização governante”. Em vez disso, existe um protocolo único que todos os usuários e mineradores seguem e, portanto, “a blockchain traz uma inovação econômica “.

Não há necessidade de regulamento

Uma das principais razões pelas quais os monopólios devem ser regulados é porque as autoridades devem “prevenir ou mitigar seu abuso de poder”. A centralização do dinheiro nos principais bancos e empresas de investimento do mundo já foi descrita como um grande problema. A crise financeira global de 2008 é um bom exemplo disso e, curiosamente, foi o mesmo ano em que Nakamoto divulgou seu artigo apresentando o Bitcoin.

No entanto, devido à incapacidade da blockchain de ser monopolizada, Huberman, Leshno e Maollemi também concordam que o Bitcoin não precisa ser regulado. O relatório, em última instância, conclui, para o desprazer do governo chinês, que o Bitcoin não pode ser regulamentado.  Não há necessidade de regulá-lo porque é um sistema que está comprometido com o protocolo exatamente como foi originalmente concebido, com as taxas das transações, que são determinadas pelos usuários independentemente da “vontade” dos mineradores”.

O relatório conclui que o modelo de sistema econômico pelo qual o Bitcoin foi estabelecido é “revolucionário” e que a blockchain merece um estudo mais aprofundado dos economistas por causa da sua “utilidade” e “funcionalidade”.

Uma luz na escuridão

O lançamento do relatório chega num momento em que os “puristas” estão chamando os seguidores para “Hodl On”. O Bank of Finland forneceu aos entusiastas uma luz no escuro. Embora a China tenha anunciado uma reticência para abraçar a moeda (por enquanto), muitos países estão buscando seus próprios meios, por exemplo o Vietnã, a Austrália, o Canadá e alguns outros estão caminhando rumo a inovação econômica, é claro que há um crescente interesse em uma mudança na maneira como o mundo faz negócios.

Fonte: btcmanager
Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

Acompanhe notícias todos os dias sobre Bitcoin e Criptomoedas:

Telegram: https://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.