HomeCripto-Exchange com infra-estrutura NASDAQ será lançada no próximo mês

Cripto-Exchange com infra-estrutura NASDAQ será lançada no próximo mês

maio 14, 2018 By Diego Marques

Há uma nova exchange de criptomoedas no mercado. Mas se você acredita que o mercado não precisa de mais uma exchange, saiba que essa é bem diferente.

A dx.exchange, que deve ser lançada no próximo mês, é a primeira exchange de criptomoedas desenvolvida pela NASDAQ. “A vantagem dessa cooperação é: a marca, a tecnologia e as regulamentações”, disse o CEO da DX Exchange, Daniel Skowronski.

Embora a primeira vantagem seja bastante autoexplicativa, Skowronski explicou ainda que sua tecnologia dependeria da infraestrutura NASDAQ, especialmente seu mecanismo de correspondência – usado por mais de 70 bolsas de valores em todo o mundo.

Quanto as regulamentações, Skowronski observou que a parceria com a NASDAQ exige que a exchange atenda aos mais altos padrões regulatórios, evitando assim erros e bugs comuns, como negociação de dupla contagem, e em geral evitará volumes falsos.

Essas normas acima mencionadas incluem uma licença estoniana recentemente adquirida, bem como uma licença de criador de mercado. Esta estrutura permitirá que a DX ofereça aos seus clientes toda a variedade de opções de negociação de criptomoedas e para manter os fundos e depósitos dos clientes.

Clientes dos EUA não terão acesso a plataforma, neste início de operação. No entanto, a administração está atualmente envolvida em um diálogo com os reguladores dos EUA para obter uma licença federal.

Negociação

A exchange permitirá que os clientes comprem criptomoedas com moeda FIAT, para negociar em uma base de token-to-token, bem como para converter as moedas de volta para fiat e sacar. “Criamos um “balcão” único para negociar fiat e criptomoedas e também serviços de carteira”, destaca Skowronski.

Inicialmente, a plataforma incluirá as seis principais criptomoedas, entre elas: Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum e Litecoin.

Na segunda fase, serão adicionadas 20-25 principais moedas, bem como alguns tokens menores (utilitário e segurança). “Estamos apoiando a tecnologia blockchain. E a maneira como podemos ajudar esse ecossistema a progredir é validando os tokens e certificando-se de que os bons sejam promovidos. Nós não vamos listar moedas, só porque elas nos pagam. As melhores serão adicionadas.

Novas moedas que querem se inscrever para a listagem, passarão por um processo de três etapas:

  1. Aplicação inicial
  2. Entrevista
  3. Opinião legal da equipe interna e due diligence: inspeção da equipe e do whitepaper.

Sem taxas, mas…

A plataforma não cobrará taxas para operações de trading, mas os traders pagarão um valor mensal de cerca de 10 euros. De acordo com Skowronski, o processo KYC será feito através do envio de um email e número de telefone e espera-se que seja muito rápido e amigável. “Sem prejudicar os componentes KYC e AML necessários, exigidos pelo regulador”, observa ele.

A segurança é outra grande preocupação das exchanges de criptomoedas. Esse problema também será abordado com a ajuda da infraestrutura da NASDAQ, e Skowronski promete contratar os melhores especialistas em campo para evitar ataques de hackers e outros ataques mal-intencionados. “As pessoas estão em busca de segurança. Estamos tentando ser muito claros para que os clientes saibam o que estão recebendo”.

A plataforma também oferece um bate-papo interno, que permitirá aos usuários interagir e trocar pontos de vista, bem como um feed de notícias e informações sobre as moedas.

Licença Européia, I & D Israelense

A empresa é liderada por três veteranos do setor comercial. Skowronski atuou como CEO e Diretor Administrativo na OANDA Europe and Americas. O COO Raz Kaplan era anteriormente o chefe de Gerenciamento de Risco na SpotBroker. E o CTO Yaron Ben Shoshan foi o Diretor de Desenvolvimento Estratégico da Forex Manage.

A DX Exchange contratou uma grande equipe de 72 funcionários em Israel para sua equipe de P & D, que liderará a configuração da plataforma, bem como seu desenvolvimento futuro.

Fonte

Guia do Bitcoin

Tags: