HomeCoréia do Sul aprova lei que regulamenta criptomoedas

Coréia do Sul aprova lei que regulamenta criptomoedas

novembro 26, 2019 By Matheus Henrique

O comitê de política nacional da Coréia do Sul, parte da Assembléia Nacional do país, aprovou um projeto de lei que classifica as criptomoedas como ativos digitais. O movimento supostamente abrirá o caminho para as empresas e estabelecerá regras e requisitos para sua operação posterior.

As informações são do site CryptoPotato

De acordo com um relatório da mídia local Korea JoongAng Daily, o comitê de política nacional da Assembléia Nacional da Coréia do Sul aprovou um projeto de lei que classifica as criptomoedas como ativos digitais.

De acordo com a Comissão de Serviços Financeiros (FSC), essa medida ajudará as criptomoedas a se tornarem mais transparentes, além de legitimar os investimentos nelas. Além disso, isso também é algo que deve impedir a lavagem de dinheiro, estabelecer regras básicas para transações financeiras e ajudar os negócios de ativos virtuais, em geral.

Este novo projeto de lei exige que todos os negócios relacionados a criptomoedas se reportem e se registrem na Unidade de Inteligência Financeira do FSC. Aqueles que não o fizerem não conseguirão aprovar suas contas bancárias. Além disso, o não cumprimento dos regulamentos também resultaria em uma penalidade.

Vale ressaltar que o projeto ainda precisa ser aprovado no Comitê Judiciário, bem como no piso principal da Assembléia Nacional. Caso seja aprovado lá, a nova lei entrará em vigor em um ano.

Coréia é um importante mercado para o Bitcoin

Segundo dados da Coinhills ,o Won coreano é atualmente a terceira moeda fiduciária mais negociada em oar com o Bitcoin. A moeda é responsável por 2,46% de todas as negociações de Bitcoin para fiat. Naturalmente, o primeiro lugar é ocupado pelo dólar americano, enquanto o iene japonês fica confortavelmente com o segundo lugar.

 

Como comprar Ethereum no Brasil

 

No início deste ano , o site CryptoPotato informou que o valor geral dos investimentos feitos em criptomoedas durante o ano anterior havia aumentado em 64,2%. Com novos desenvolvimentos regulatórios positivos, é possível que esse número aumente.

Outra coisa interessante a ser observada é que o volume negociado na popular plataforma Bitcoin ponto a ponto LocalBitcoins quase dobrou nesta semana, em comparação com a semana anterior.

Em contraponto à ação da China

Durante o final e o começo dessa semana a China tomou ações para fechar todas as exhanges de moeda digital no país, criando um momento conturbado para o mercado. Porém, a tal ação, que está sendo chamada de “Crypto Crackdown” não é exatamente uma novidade para o país.

As 173 plataformas chinesas de negociação e emissão de token de moeda virtual foram fechadas

A China é bem conhecida por banir e “desbanir” as criptomoedas, fazendo vista grosas para algumas plataformas após a poeira abaixar. Porém, esses momentos sempre trazem turbulência para o criptomercado, principalmente para o Bitcoin.

Apesar da China ser um mercado muito importante, a Ásia possui diversos pontos que podem ajudar a fortalecer o Bitcoin e a Coréia do Sul é um desses importantes pontos.

Portanto, essa nova lei pode ser vista como um desenvolvimento positivo para o setor.

Veja também: Ripple e MoneyGram concluem parceria de US$50 milhões

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

 

Tags: