HomeChile incluíra imposto sobre criptomoedas na declaração anual

Chile incluíra imposto sobre criptomoedas na declaração anual

janeiro 19, 2019 By Soraia Barbosa

Contribuintes do Chile aparentemente vão ter que pagar impostos sobre ganhos com criptomoedas este ano. O Serviço de Impostos Internos (Servicio de Impuestos Internos, SII), incluiu uma sessão para os ativos digitais na taxação do imposto de renda anual.

De acordo com a mídia local, no último ano o governo decretou que ativos digitais não estão dentro do Imposto por Valor-Agregado, já que eles são vistos como “ativos intangíveis”. Os contribuintes chilenos vão pagar impostos sobre os ganhos relacionados a criptomoedas, já que eles aumentam o valor total ganho pela pessoa de forma anual. No Chile, o imposto é pago sempre em abril.

Segundo o Diario Bitcoin, o governo chileno incluiu pela primeira vez uma seção dedicada às criptomoedas, que são declaradas como “ganho pessoal ou dinheiro recebido de outras empresas”.

No mesmo artigo é detalhado em uma carta oficial, assinada pelo diretor da SII, Fernando Barraza, que aqueles que negociam ativos digitais devem registrar suas operações através da “fatura isenta de impostos” para que a agência possa monitorar os investidores. O Diario Bitcoin também nota que o boom das criptomoedas dentro do Chile fez o governo começar a monitorar as moedas e os investidores que usam elas como “moedas válidas para negociar produtos e serviços”.

Apesar das criptos terem sido incluídas no imposto chileno, o status legal dessas moedas continua um mistério a ser discutido. Alguns até argumentam que a decisão da SII é positiva, oferecendo mais legitimidade para os ativos digitais.

Não existe nenhuma informação sobre se é possível registrar perdas em criptomoedas como isenção de impostos. Aparentemente apenas o ganho será contabilizado.

A notícia não é ruim para o mercado chileno. Durante o ano passado as exchanges do país iniciaram uma batalha difícil contra os bancos tradicionais, que estavam realizando um bloqueio completo nas contas das exchanges, quase quebrando a maioria das empresas.

Uma posição oficial do governo em relação à legitimidade da moeda, com inclusão delas no imposto, pode dar mais força para as exchanges enfrentarem as instituições bancárias.

Conheça o Tezos Rio, um grupo do Rio de Janeiro com foco na blockchain Tezos

Tags: