HomeBreves reflexões sobre fatos matemáticos e o Bitcoin

Breves reflexões sobre fatos matemáticos e o Bitcoin

Jordan Ellenberg, em seu livro “O poder do pensamento matemático: a ciência de como não estar errado”, p. 24, nos diz que

“nunca houve muita controvérsia sobre 1+2=3. A questão de se e como podemos provar que 1+2=3, que oscila desconfortavelmente entre a matemática e a filosofia, é outra história – vamos voltar a isso no fim do livro. Mas que o cálculo está correto, isso é pura verdade. A confusão está em outra parte. […] Fatos matemáticos podem ser simples ou complicados, superficiais ou profundos“.

Eu confesso que como matemático eu sou um ótimo gourmet. Em resumo, essa não é a minha área favorita do conhecimento. Mas também devo reconhecer que a matemática pode ser e frequentemente é fascinante, tanto em seus princípios mais abstratos até suas aplicações e implicações práticas. Como eu poderia estar digitando esse texto num computador e você tirando tempo para lê-lo em qualquer dispositivo sem a matemática? Impossível.

Sem matemática, nada feito!

Entretanto, para pessoas que amam matemática já pode não ser simples entender o Bitcoin, imagine para todo o resto. Entretanto, entendo que a matemática é um dos aspectos mais fascinantes de nossa tecnologia descentralizada favorita.

O Bitcoin é o que é por causa da sua natureza matemática. Uma natureza cuidadosamente construída e aplicada para simplesmente funcionar. De outra forma, não estaríamos aqui falando de um mercado de bilhões de dólares de mercado de capitalização com o potencial de realmente mudar o mundo num site chamado “Guia do Bitcoin”.

A solução (matemática) de Satoshi Nakamoto para o problema do gasto duplo e a criação de escassez a partir de uma matéria prima nada escassa (bits e bytes) é digna de todo reconhecimento acadêmico. As implicações práticas dessa solução para a sociedade atual são gigantescas em teoria e amadurecerem na prática a cada dia.

Não precisamos ser experts nas “exatas” para saber disso, ainda que provavelmente precisemos ser caso sintamos a necessidade de vermos a mágina acontecendo diante dos nossos olhos. Hash, criptografia e descriptografia, chaves públicas e privadas, algoritmo de consenso e outros bichos estranhos povoam esse mundo estranho de “fatos”, fatos matemáticos.

Discuta filosoficamente o que quiser, mas os cálculos são inquestionáveis

Discussões filosóficas podem surgir, bem como sociais, econômicas, políticas, espirituais e tudo o mais, mas todas as questões são contextualizadas pelos fatos matemáticos que fazem do Bitcoin uma ciência pautada e provada pela matemática. É porque essas contas “funcionam” que tudo funciona, e contra fatos (matemáticos) não há argumentos.

Ezequiel Gomes

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: https://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.