HomeBlockchain: Banco Central da Holanda está descontente com resultados de testes

Blockchain: Banco Central da Holanda está descontente com resultados de testes

fachada banco

Conforme relatado no portal TheNextWeb banco central holandês tem trabalhando nos últimos três anos em protótipos de soluções de pagamento na blockchain, mas está insatisfeito com os resultados.

De acordo com representantes da instituição financeira, nos últimos anos, o trabalho foi realizado em quatro diferentes soluções blockchain. Ao mesmo tempo, nenhum dos protótipos atualmente atende aos padrões do banco. Representantes do banco afirmam que uma das maiores limitações do DLT é o alto consumo de energia, mas que a tecnologia é eficaz paraa pagamentos transfroteiriços. Ainda assim, Hielkema aconselhou os bancos centrais de todo o mundo a experimentar e investir em tecnologias emergentes como blockchain e inteligência artificial.

“Acreditamos que essa tecnologia é promissora, mas é preciso mais inovação”, acrescentou ela.

“Começamos com pequenos passos – com uma compreensão do funcionamento do Bitcoin, mineração, as vantagens das soluções descentralizadas sobre as centralizadas. Então, criamos protótipos e testamos como as redes DLT podem beneficiar elementos de nossa infraestrutura de mercado, garantindo a funcionalidade adequada para fazer pagamentos”, disse Petra Hilkema, diretora de pagamentos e infraestrutura de mercado do Netherlands Bank.

Apesar dos problemas enfrentados pelo regulador monetário, ela está confiante de que a blockchain é uma tecnologia promissora que requer estudo mais detalhado e mais investimento.

Leia mais: Bitcoin atinge nova alta e bate os US$ 6.000 na Bitfinex

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.