HomeBitcoin pode valer US $ 356.000 até 2022

Bitcoin pode valer US $ 356.000 até 2022

julho 26, 2019 By Sabrina Martins

Dan Morehead, o fundador da Pantera Capital, disse em um podcast, que o Bitcoin está crescendo a uma taxa anual composta de 235%. Nesse ritmo, um Bitcoin valeria U$ 42.000 até o final do ano. Mas até o momento os preços estão relativamente calmos, cerca de dois por cento no último dia. Morehead diz que a escalabilidade, um problema persistente para o Bitcoin, será resolvida com o crescimento da rede.

“Faça um gráfico do preço da Bitcoin logaritmicamente […] sua tendência vai crescer a uma taxa de crescimento anual composta de 235% […] o que colocou o Bitcoin em US $ 42.000 no final de 2019. E eu sei que isso parece loucura, mas estamos essencialmente no meio do caminho de volta. […] Eu acho que é um bom tiro e que até o final do ano nós acertamos isso. E se você simplesmente extrapolar essa linha por mais um ano, serão US $ 122.000 por bitcoin e mais um ano, US $ 356.000”.

Atualmente, o Bitcoin está de volta ao verde, valorizando 1,9% em 24 horas. Curiosamente, os preços estão reagindo a partir de U$9.500, um nível de suporte significativo.

Em uma clara tendência de alta, os corretores de risco podem, no entanto, liquidar o ativo em todos os níveis, desde que os preços estejam abaixo de U$11.200. Esta linha de pensamento é porque U$11.200 é a próxima linha de resistência.

Além disso, o preço do Bitcoin está tendendo ficar  dentro do ‘candlestick’ de 16 de julho. Do ponto de vista do esforço versus resultado, os vendedores têm o benefício. E a menos que haja upswings, levantando o Bitcoin acima de $11.200, os ursos continuam com a vantagem.

Após o breakout, espelhando os altos ganhos do segundo trimestre desse ano, o Bitcoin iria facilmente voltar para U$14.000 nos próximos dias.

Clique aqui para ler: Segundo pesquisa realizada pela Binance, o Bitcoin oferece grandes benefícios de diversificação para portfólios 

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Tags: