HomeBitcoin: Qual o motivo da alta de hoje?

Bitcoin: Qual o motivo da alta de hoje?

mulher com mão no queixo na dúvida

Após duas semanas de sofrimento e “dor”, a esperada valorização de hoje pode muito bem ser o começo de uma nova tendência de alta que levará o preço as alturas durante o próximo ano. Os preços do Bitcoin estão chamando a atenção dos traders e HODLers, após novamente subir US$ 500 em poucas horas.

gráfico de preço do Bitcoin

Ao olharmos a ação dos preços nos últimos dois meses veremos que os vendedores estiveram grande parte desse período, com uma pequena vantagem sobre os compradores, empurrando os preços pra baixo.

Antes da alta de hoje o preço do BTC, caiu dois dígitos e testou novamente uma baixa de 6 meses. A tendência de baixa persistiu apesar das análises técnicas e fundamentais apontarem uma o halving como sendo o principal motivo para uma forte valorização em 2020.

Essa expectativa de alta relacionada ao halving foi complementado por relatórios de que os traders esperam uma recuperação no preço. Também se sabe que os preços do Bitcoin Futures com vencimento em dezembro de 2019 e março de 2020 aumentaram aproximadamente 30%, sugerindo a confiança do investidor em meio a um mercado que aparentemente está em baixa.

Se a ação de preço pré-halving for semelhante ao do Litecoin, podemos esperar que o BTC provavelmente suba mais alto antes do segundo trimestre de 2020. Sem deixar de lado os eventos políticos e a aversão ao risco esperados antes das eleições americanas de novembro de 2020.

Dezembro período marcante

Por volta dessa época, no final de 2018, os preços começaram a se consolidar antes de disparar, marcando o término do inverno das criptomoedas.

2018 foi um ano complicado para o mercado de criptomoedas, conforme os preços iam caindo, ia apagando os ganhos obtidos no final de 2017 e no início de 2018, mas o BTC se firmou em dezembro de 2018, estabelecendo as bases para a recuperação até o segundo trimestre de 2019. Nesse período, os preços do BTC subiram de uma baixa de US$ 3.200, para alcançar US$ 13.800 no final de junho de 2019.

O candle de alta de hoje, dada a importância do preço US$ 7.000 e, mais importante, a reversão das baixas registradas em 22 a 23 de novembro, pode atuar como um suporte onde os preços podem voltar a subir na busca de alcançar os US$ 13.800 e ir mais alto.

Se o Bitcoin continuar assim, parece que a primeira criptomoeda voltará rapidamente à tendência de alta registrada em junho de 2019 para alegria dos traders e principalmente dos HODLers.

Volume de transações dispara e bate recorde

Ontem 4 de dezembro, o Bitcoin registrou o maior volume de transações em USD por hora em toda a sua história. Como mostra o gráfico abaixo, mais de 8,9 bilhões de dólares de BTC foram transacionados.

Além do novo recorde de transações que acabou se mostrando como tendo zero influência relacionado à adoção, o Bitcoin também fez alguns movimentos de preço extremamente voláteis no mesmo dia.

Conforme relatado ontem, o preço da primeira criptomoeda subiu quase oito por cento em minutos, mas depois essa valorização se desfez e o preço voltou a ficar em baixa horas depois.

Veja também: CEO da Bakkt se torna senadora dos Estados Unidos

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.