HomeBeam é lançada com protocolo Mimblewimble

Beam é lançada com protocolo Mimblewimble

A criptomoeda com foco em privacidade, Beam (BEAM), fez bastante barulho durante a semana por ser a primeira moeda a implementar o protocolo Mimblewimble, um protocolo para transações confidenciais. A cripto teve a sua rede principal lançada no aniversário de 10 anos do Bitcoin.

A nova tecnologia permite que usuários façam transações verdadeiramente anônimas, além de garantir a escalabilidade da blockchain, que atualmente é bem menor do que as outras encontradas no mercado.

O projeto foi anunciado cerca de 9 meses atrás e tinha como principal concorrente a moeda Grin, que também vai usar o protocolo Mimblewimble. A Grin está em desenvolvimento desde 2016.

O Beam utiliza o Equihash de proof-of-work, o que o torna mais amigável para a mineração com base em GPUs. Não há nenhuma ICO ou pré-mineração, e o desenvolvimento do projeto é apoiado por um sistema tesoureiro rastreável. 20% de cada prêmio dos blocos vai para essa tesouraria.

No futuro, o Beam tem planos de desenvolver diversos recursos para seus usuários, incluindo trocas atômicas com o Bitcoin, uma carteira móvel e plataformas de pagamento com integração via API.

O Beam combina o Mimblewimble com diferentes recursos para garantir privacidade de verdade para os usuários da rede. A blockchain continua sendo uma ledger distribuída que permite a validação de transações descentralizadas. Porém, nenhum observador pode obter qualquer informação privada sobre o remente, destinatário ou quantidade enviada.

Por causa do recurso de corte do Mimblewimble, a blockchain vai ser cerca de 3 a 10 vezes menor que a rede do Bitcoin (se ambas tiverem a mesma quantidade de uso).

Outro recurso interessante é que o Beam permite que os usuários tenham a opção de participar da audição de suas contas e transações, o que pode ser bem útil para o pagamento de impostos, por exemplo.

Vale lembrar que o Beam acabou de ser lançado e por isso a rede pode ter alguns bugs. Segundo um anúncio feito no Medium, esses possíveis erros vão ser consertados enquanto a rede vai sendo melhorada e corrigida.

Veja porque a rede social Gab foi banida da Coinbase!

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.