HomeAnálise Técnica Bitcoin – Preço do BTC hoje – 31/07

Análise Técnica Bitcoin – Preço do BTC hoje – 31/07

julho 31, 2019 By Diego Marques

analise-tecnica-bitcoin

Tudo indica que o Bitcoin vai fechar o mês de julho no vermelho, encerrando uma série de vitórias de cinco meses, atualmente a criptomoeda tem uma desvalorização mensal de 9% em comparação ao preço do início do mês que foi de US$ 10.759.

O baixo volume visto no gráfico de 4 horas indica que o BTC ao longo de tod esse último dia do mês pode ter dificuldade para subir e tentar o rompimento da resistência em US  10.235. Vale destacar que os gráficos de longo prazo mantêm o sentimento de alta apesar da desvlorização nesse mês. Ainda continuamos defendendo que uma alta para o nível de preço de US$ 11.120 é necessário para confirmar uma perspectiva de alta de curto prazo.

No dia 28 o preço do Bitcoin sofreu uma queda brusca e chegou a ser negociado por US$ 9.100, mas vimos esse nível de preço ser defendido pelos compradores e houve uma rápida recuperação nesse nível de preço.

Uma audiência do Congresso ontem passou sem muita ação, e a economia global mundial tem hoje um dos dias mais críticos, com a decisão do corte nas taxas de juros nos EUA, vale destacar que esse episódio pode ter um efeito de longo prazo nos preços das criptomoedas, especilamente no preço do Bitcoin.

Resumindo, há sempre dois lados: enquanto o suporte de US$ 9000 parece forte, o mercado é bastante imprevisível e as coisas podem mudar a qualquer momento e, como diz o ditado, esperar pelo o melhor, se preparar para o pior.

Apesar do Bitcoin parecer estar pronto para terminar o mês no vermelho, já vimos a principal criptomoeda subir US$ 1.000 em apenas alguns minutos. Por exemplo, a criptomoeda subiu de US$ 9.300 para US$ 10.400 em 30 minutos no dia 18 de julho. Além disso, os preços subiram de US$ 4.100 para US $ 5.080 em questão de duas horasem 2 de abril deste ano.

Portanto para o fechamento do a dia ainda faltam cerca de 15 horas, uma valorização repentina de US $ 1.000 para níveis acima do preço de abertura mensal de US $ 10.759 não pode ser descartada.

Mas nesse exato momento a análise dos gráficos indicam uma baixa probabilidade de um fechamento acima dos US$ 10.759.

Gráfico de 4 horas

 

O gráfico de 4 horas mostra uma rompimento na linha superior no triângulo descendente, um sinal de que o padrão de máximas mais baixas que vinha desde quando o preço da primeira criptomoeda atingiu os US$ 13.000 terminou.

O rompimento também recebe apoio do índice de força relativa (RSI), que está mostrando condições de alta por estar acima do nível do 50.

Mesmo assim, o Bitcoin pode não ser capaz de ultrapassar o nível de preço dos US$ 10.235 no gráfico de 4 horas, já que mesmo com o rompimento da linha superior do triângulo os volumes de negociação não subiram, o que pode acabar sendo uma armadilha.

Embora um fechamento mensal negativo pareça provável, a perspectiva de longo prazo será otimista, desde que os preços sejam mantidos acima da média móvel de 200 dias (MA), atualmente em US$ 6.417. Além disso, apesar da desvalorização mensal, a estrutura de alta no gráfico de longo prazo permanece intacta, como podemos ver no gráfico abaixo.

Gráfico mensal

Tanto o rompimento do canal de baixa confirmada em abril, quanto as Médias móveis de 5 e 10 períodos em alta, indicam que a preferência é sempre para cima. O RSI está bem acima de 50, indicando o otimismo do mercado.

As opiniões expressas aqui não refletem e não constituem aconselhamento financeiro. Sempre faça sua própria pesquisa.

Fonte: coindesk

Clique aqui para ler: Millennials apostam no Bitcoin como investimento

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Tags: