HomeAltcoins têm melhores resultados do que o Bitcoin em última alta

Altcoins têm melhores resultados do que o Bitcoin em última alta

dezembro 24, 2018 By Matheus Henrique

As últimas semanas de 2018 foram uma das provas da volatilidade do mercado dos ativos digitais. Enquanto muita gente achava que o ano seria fechado no vermelho, com as principais moedas demonstrando uma queda contínua, o mercado deu uma melhorada no final do ano e (por enquanto) parece que vai fechar com uma perspectiva positiva.

Em um novo Rally o Bitcoin voltou a passar os 4 mil dólares por moeda, o ETH se manteve acima dos US$120 e muitas outras altcoins garantiram uma onda verde. Porém, o caso mais interessante é o do Ripple, com uma valorização de cerca de 10% no último dia.

Hoje a moeda possui um valor total de US$16.845.343.594 por capitalização de mercado, um dos maiores ganhos no último Rally, onde o criptomercado recuperou 10 bilhões de dólares.

Essa foi a melhor performance entre as principais moedas na última alta. O aumento de preço do XRP também teve ajuda de um recente anúncio de que o Binance, a maior exchange de ativos digitais do mundo, iria começar a ter negociação de pares com a moeda da Ripple.

Com esse último aumento, a Ripple conseguiu recuperar todas as perdas que teve desde dezembro até o presente momento.

As outras altcoins

Com o Bitcoin registrando ganhos modestos nas últimas 24h (cerca de 2%) e uma diminuição de cerca de 50% em seu domínio, essa foi a vez das altcoins brilharem com um mini Bull Run.

O Ethereum também viu um aumento leve, com algumas altas seguidas, atingindo uma alta de US$155, antes de ser corrigido levemente para baixo. Outras altcoins que demonstraram uma boa recuperação foram o Tezos, com uma alta para UUS$0,55 (teve uma pequena queda recentemente, mas continua no verde) e o QTUM (atingiu 3 dólares por moeda no valor mais alto e foi corrigido com uma pequena queda).

Apesar da volatilidade, as últimas horas foram boas com as altcoins, apresentando altas interessantes, principalmente com o fenômeno do Ripple alcançado a segunda posição, perdendo apenas para o Bitcoin.

Veja também: Criptomoeda iraniana poderá sofrer sanções dos EUA

Tags: