HomeAlemanha permite que fundos institucionais invistam em criptomoedas

Alemanha permite que fundos institucionais invistam em criptomoedas

Alemanha aprovou uma nova lei que permitirá que milhares de fundos de investimento institucionais invistam em criptomoedas 

Uma nova lei na Alemanha permite agora que mais de 4000 fundos de investimento institucional ganhem exposição a criptomoedas. A mudança poderia provocar a adoção maciça de criptomoedas na maior economia da Europa durante os próximos meses ou anos.

A nova legislação permite que gestores de fundos de investimento institucionais (chamados Spezialfonds) invistam até 20% de sua carteira em criptomoedas. A lei entrará em vigor no dia 1 de julho.

Este último desenvolvimento foi recebido positivamente no espaço das criptomoedas, com alguns especialistas afirmando que poderia impulsionar a posição da Alemanha como um centro de investimento financeiro. Eles também acreditam que poderia impulsionar o setor das criptomoedas, legitimando a classe de ativos.

O deputado alemão, Frank Schäffler, disse ao Decrypt que a mudança é um passo crucial para garantir o desenvolvimento das criptomoedas na Alemanha. “A adição de ativos criptográficos em Spezialfonds é um passo importante para sua aceitação. Aqui, a lei está indo na direção certa, e nós a acolhemos com satisfação expressa”, disse ele.

A lei foi aprovada na semana passada pelo Parlamento Federal da Alemanha, o Bundestag, e deverá ser carimbada pelo Conselho Federal do país o mais rápido possível. Ela afetará os Spezialfonds existentes e os novos criados por investidores institucionais, tais como instituições financeiras, companhias de seguro e fundos de pensão.

Graças a este último desenvolvimento, mais de 4000 fundos de investimento existentes na Alemanha terão acesso ao Bitcoin e outras criptomoedas. Sven Hildebrandt, Diretor Executivo da Distributed Ledger Consulting (DLC), sediada na Alemanha, reconhece que este é um enorme desenvolvimento. Ele ressaltou que os Spezialfonds usufruem de investimentos na ordem de 1,8 trilhão de dólares.

Atualmente, estes Spezialfonds não têm nenhum investimento em criptomoedas. Portanto, a alocação de 20% de sua carteira poderia beneficiar imensamente o setor das criptomoedas, onde bilhões de investidores institucionais ao longo do ano passado.

Este é um desenvolvimento enorme, considerando o fato de que investidores institucionais e entidades corporativas não têm pensado muito em criptomoedas. Atualmente, um número crescente de instituições financeiras acredita que o Bitcoin é uma reserva de valor e um excelente seguro contra a inflação; esta notícia vem depois do banco de investimento americano, JP Morgan, anunciar que ofereceria serviços Bitcoin a clientes abastados.

Etiquetas:

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

E-mails personalizados

Sem SPAM

Notícias sobre alt coins

Cancele a inscrição quando quiser

Depois de se inscrever, poderá também receber ofertas especiais ocasionais da nossa parte via e-mail. Nunca iremos vender ou distribuir os seus dados a terceiros. Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.