IBM construirá Blockchain para bolsa de valores Européia, garantindo segurança

A London Stock Exchange Group (LSEG), uma empresa britânica de bolsa de valores e informações financeiras recentemente fez parceria com a IBM para construir uma blockchain para emitir digitalmente documentos privados de pequenas e médias empresas (PMEs) na Europa.

O objetivo da nova plataforma é ajudar a simplificar o rastreamento e o gerenciamento de informações dos acionistas, armazenando tudo em um livro contábil distribuído, abrindo efetivamente novas oportunidades de negociação e investimento.

A plataforma baseada em Blockchain, está sendo desenvolvida e testada pelo operador de câmbio italiano da LSEG, a Borsa Italiana. Permitirá que as PME na Europa substituam planilhas e registros baseados em papel, em que cada parte geralmente possui sua própria versão da informação, para obter informações facilmente acessíveis que não podem ser alteradas na Blockchain. Isso, por sua vez, permitirá que as empresas ofereçam mais transparência e apropriação.

Leia também  Empresa processa fundador da carteira de Bitcoin XAPO

Além disso, essas vantagens permitirão que as empresas, no futuro, ganhem a confiança de potenciais investidores, possivelmente expandindo seu acesso ao crédito também. David Harris, chefe de tecnologia emergente da LSEG, afirmou:

“À medida que essas empresas crescerem, elas estarão melhor em interagir com seus acionistas”.

A plataforma é alimentada pelo Hyperledger Fabric 1.0 , uma estrutura de Blockchain criada por um grupo de código aberto liderado pela Linux Foundation, cujos membros incluem a IBM e a LSEG.

Resultado de imagem para LSEG Blockchain

O Hyperledger Fabric 1.0 permite que os dados de valores mobiliários altamente privados sejam mantidos na Blockchain e sejam acessíveis somente aos participantes da rede autorizados, ainda que sejam seguras e imutáveis. Esta nova plataforma ainda está sendo testada, e não foi divulgado um tempo estipulado para divulgação dos resultados.

Leia também  Estrela do tênis Andy Murray anuncia investimento de 17 mi de Libras no Banco digital Fintech Revolut

Marie Wieck, gerente geral da IBM Blockchain, afirmou:

“Compartilhar dados de rede críticos seguros e transparentes em redes de acionistas é difícil usando o sistema tradicional. A Blockchain está preparada para ajudar a remover algumas dessas barreiras nos métodos tradicionais de transferência de valor – tanto quanto a Internet fez para a troca de informações no final dos anos 90”.

Notavelmente, este é um dos primeiros desenvolvimentos ouvidos pelo London Stock Exchange Group, depois de ter sido um membro fundador do Hyperledger, sem nome, em 2015.

A tecnologia Blockchain recentemente vem recebendo muita atenção de instituições privadas que buscam reduzir a complexidade e os custos de alguns de seus processos. Embora alguns acreditam que a tecnologia ainda está em sua “infância” e o potencial pode ser excessivo, outros parecem estar extremamente entusiasmados com isso.

Leia também  Exchange japonesa GMO Coin adiciona Bitcoin Cash e Ether e tem planos para outras criptomoedas

No início deste mês, dois dos quatro grandes bancos australianos completaram com êxito um teste Blockchain com a IBM . A Blockchain utilizada também foi alimentada por Hyperlerdger Fabric, e o teste eliminou completamente o tradicional processo de documento de garantia bancária em papel.

Via: Cryptocoinsnews.com
Tradução: Guia do Bitcoin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *