Google irá proibir anúncios de ICOs e criptomoedas

O Google decidiu proibir toda a publicidade referente a ICOs relacionada a criptomoedas em seu mecanismo de pesquisa.

De acordo com fontes, a proibição está prestes a entrar em vigor em todas as jurisdições neste mês de março.

A proibição seria anunciada no momento em que os termos de pesquisa do google para “Criptomoedas” e “ICO” estão caindo.

Em fevereiro, o jornal The Times of Israel informou que o Canadá e outras agências de aplicação da lei estavam esperando que o Google seguisse o Facebook e decrete uma proibição semelhante.

“O que aconteceu foi que a Força-Tarefa de Opções Binárias do Canadá, bem como o FBI explicaram ao Facebook quais eram as preocupações e que esses tipos de anúncios levam as pessoas a se tornarem vítimas. Conversamos com o Google e tivemos discussões semelhantes e esperamos que eles tomem medidas semelhantes”, disse Jason Roy, investigador da Comissão de Valores Mobiliários de Manitoba e presidente da Força-Tarefa de Opções Binárias do Canadá, ao The Times of Israel.

Em janeiro, o Facebook anunciou sua decisão de proibir todos os anúncios que promovam criptomoedas e ICOs.

Leia também  Segwit2x: Carteiras Trezor e Ledger vão suportar ambas as Blockchains e disponibilizarão B2X

Na sua nova política de publicidade, o Facebook declarou que proibirá anúncios que “promovam produtos e serviços financeiros que são freqüentemente associados a práticas promocionais enganosas”.

Os especialistas em mídia Blockchain apoiaram a decisão do Facebook como “isso é bom para a indústria no longo prazo”. “A capacidade de promover as ICO potencialmente prejudiciais com anúncios em que o público em geral possa ser enganado prejudicaria as ICOs como um todo”, disse Margaux Avedisian, vice-presidente executivo da Transform Group, uma empresa de relações públicas com sede nos Estados Unidos, com foco em empresas blockchain.

No entanto, a amplitude da política do Facebook inclui qualquer coisa com a palavra cripto, o que significa que empresas, editores que desejam compartilhar materiais educacionais, serviços de consultoria, notícias também estão sob essas restrições. A Draper University não conseguiu compartilhar anúncios sobre seus cursos em criptomoedas, algo sem relação com fraudes das ICOs.

O Google ainda não fez um comunicado oficial.

Leia também  O Banco Central da China vê as criptomoedas como ameaças ao Yuan

Fonte: cryptonews

Usuários de Coinbase agora podem usar contas bancárias para comprar criptomoedas

A empresa Coinbase, baseada em São Francisco, acaba de anunciar que permitirá que os clientes compram bitcoin, ethereum e litecoin instantaneamente com contas bancárias. Cada cliente pode comprar até US$25.000…

5s Comentários

Steve Wozniak: Alguém me roubou sete bitcoins

  O co-fundador da Apple, Steve Wozniak, disse que ladrões roubaram dele sete bitcoins. “Eu tinha sete bitcoins, que foram roubados por fraudadores“, confessou Wozniak durante cúpula de negócios na…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link