Teoria do mais tolo

0 Comentários

teoria do mais tolo[1] é conhecida como a crença do investidor quando compra um determinado ativo supostamente valorizado, acreditando que ele poderá vender o ativo futuramente com uma alta valorização, pois espera-se que existirá um investidor “mais tolo” que irá comprar, em outras palavras, não se compra um ativo pois imagina que vale o preço, e sim com a expectativa de vendê-lo, por um valor ainda mais alto.

É similar ao conceito de Concurso de Beleza Keynesiano sobre os princípios de investimento em ações. De acordo com o economista Ricardo Torres[2], a teoria do mais tolo é comumente vista em cenários especulativos, onde há um movimento de força compradora, como por exemplo no período que antecedeu a bolha da internet[3] que ocorreu no início de 2000, onde empresas de internet que tinham baixo faturamento, chegaram a valer bilhões de dólares.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Teoria_do_Mais_Tolo

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.