Gigantes de Wall Street planejam negociar criptomoedas

0 Comentários

Goldman Sachs Group Ins, Citigroup Inc, e Morgan Stanley são alguns dos gigantes de que estão preparando novos produtos ligados à . As estratégias buscam fornecer opções de negocição em para seus clientes. 

Não é de hoje que gigantes do financeiro estão de olho no de criptomoedas. Com o aumento da popularidade dos ativos digitais, os maiores bancos de Wall Street estão avançando nos planos e estratégias para oferecer sofisticados que permitam aos seus clientes investirem nas criptomoedas.

Nesta quinta-feira, 13 de setembro, a Bloomberg, um dos maiores canais de notícias financeiras e econômicas do mundo, divulgou a notícia de que a Morgan Stanley já está tecnicamente preparada para oferecer negociações de de Bitcoin para seus clientes.

Segundo o relator anônimo da Bloomberg, a Morgan Stanley não pretende negociar diretamente com Bitcoin. O swap estará vinculado à contratos futuros de bitcoin. Segundo a fonte, ” O Morgan Stanley negociará contratos que dêem aos investidores exposição sintética ao desempenho do Bitcoin”

 A estratégia de ganhar posição em um mercado, sem deter diretamente o ativo, é conhecida como negociação sem custódia. Com essa opção, os investidores poderão fazer negociações usando os chamados swaps de retorno de preço, e o Morgan Stanley cobrará um spread para cada transação.

A estratégia adotada pelo Morgan Stanley é muito parecida com a do Citigroup, que segundo o Business Insider, também está desenvolvimento uma opção para seus clientes acessarem o mercado de criptomoedas, sem possuir os ativos digitais diretamente.

A abordagem adotada é uma versão renovada dos American Depositary Receipts (ADR) – um tipo de título que representa mobiliários de uma empresa não americana – para permitir que os investidores negociam indiretamente as criptomoedas. O produto será conhecido como um Recibo de Ativo Digital (DAR)

A notícia da entrada de grandes players no mercado de criptomoedas é controvérsia até mesmo entre os especialistas. Muitos entusiastas defendem que a aprovação dos ETFs seria uma ótima notícia para o mercado de criptomoedas, que teria uma grande injeção de capital. Outros especialistas, como Andreas Antonopoulos, defendem que a aprovação seria maléfica, por abrir caminho para grandes manipulações. Nas palavras de Antonopoulos:

“Todo mundo está tão empolgado com os ETFs. O que vimos em outros mercados é que quando o ETF fica disponível, o preço aumenta drasticamente, então de repente essa commodity se torna disponível para muito mais investidores e esses investidores acumulam. Mas o outro lado é que há sempre essas alegações de que os mercados de commodities são fortemente manipulados e a abertura desses ETFs apenas aumenta a capacidade dos investidores institucionais de manipular os preços das commodities ”.

E você, o que acha desse cenário? Os ETFs e os grandes players são benéficos ou não para a saúde do mercado de criptomoedas?

Leia também  Maior site de recompensas do Japão com 5 milhões de usuários lancará exchange de Bitcoin
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link