G20 pretende regulamentar as criptomoedas

1 Comente

Os países do G20 concordaram em regulamentar as criptomoedas de acordo com os padrões da Força-Tarefa de Ação Financeira (FATF). Isso aconteceu na segunda sessão da cúpula realizada em Buenos Aires, Argentina.

Le Maire, observou que a França precisaria examinar como regular o Bitcoin com outros membros do G20. No entanto, os apelos por uma maior cooperação internacional, para promover a clareza, foram quase unânimes.

O aumento da regulamentação da criptomoeda é amplamente visto pelos governos como algo que poderia impedir a lavagem de dinheiro e a corrupção.

“Vamos regular os ativos criptográficos para o branqueamento de capitais”

No sábado, uma declaração conjunta foi oficialmente assinada por todas as nações do G20, relata a Gazeta Saudita.

O documento reconhece que a “reforma” é importante, dado o ritmo alucinante da “digitalização” da economia global.

Os países do G20 pretendem regulamentar as criptomoedas

regulamentar-criptomoedas

Em relação às criptomoedas ou “criptografias”, conforme mencionadas no documento, o G20 concordou com uma abordagem alinhada com os padrões do GAFI. A seção 25 da declaração oficial diz:

“Regulamentaremos os ativos criptográficos para o combate à lavagem de dinheiro e o combate ao financiamento do terrorismo, de acordo com os padrões do GAFI e consideraremos outras respostas, conforme necessário.”

Além disso, os países trabalharão juntos e monitorarão a digitalização da economia global que está ocorrendo em ritmo acelerado. Um trecho da seção 26 diz:

Continuaremos a trabalhar juntos para buscar uma solução baseada em consenso para abordar os impactos da digitalização da economia no sistema tributário internacional com uma atualização em 2019 e um relatório final em 2020.

Os países do G20 estão supostamente trabalhando no sistema no momento. Além disso, irão considerar a questão durante 2019, com o Japão como presidente da cúpula.

Espera-se que uma versão final da proposta, que levará sugestões dos 20 estados membros, esteja em vigor até 2020.

 Ministro da França diz que Bitcoin deveria ser discutido em reunião do G20. Clique aqui para ler mais!

Escreva um comentário

1 Comentário

Se algum governo obter o domínio sobre uma criptomoeda, a mesma desvaloriza/quebra. E sabe por que? Os governos e bancos de todos os países sabem que se eles não tiverem o domínio sobre as criptomoedas, eles não vão conseguir freiar o crescimento delas. Com crescimento na valorização desses ativos digitais avançando rápido, muitos investidores irão enriquecer rapidamente, fazendo com que os banqueiros tenham que meter a mão no próprio bolso pra tirar dinheiro e nos pagar juros, ao invés de oferecer empréstimos e financiamentos pra cobrar juros abusivos. Os bancos já detém 99% do dinheiro mundial, enquanto 7 bilhões de pessoas brigam pelo 1% restante. Você acha que os bancos querem que a gente fique rico? Nunca!

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.