Criador da Dogecoin, cria script para bloquear seguidores da Ripple no Twitter

0 Comentários

homem de óculos

Jackson Palmer, o criador da Dogecoin, tem recibido muitas críticas no Twitter por seus recentes comentários sobre a na rede social. Afim de impossibilitar a reação dos críticos, ele criou um script que bloqueia seguidores do na rede social.

Palmer apelidou o script de “XRP Away”, ele contou que decidiu implementar o bloqueio depois que um exército de seguidores do XRP, especialmente um famoso usuário do Twitter que segue o XRP da Ripple, o criticou pelos comentários negativos que ele fez sobre a criptomoeda.

O script permite que os usuários visualizem as publicações relacionadas a XRP, mas impede e bloqueia automaticamente qualquer pessoa que mencione Jackson Palmer e XRP em um tweet.

O que é e como funciona a Dogecoin?

De acordo com os desenvolvedores, a Dogecoin é uma forma divertida de criptomoeda, com uma imagem do cão Shiba Inu do meme “Doge” da Internet como seu logotipo.

Leia também  Bitcoin chegará a US $ 25 mil este ano, diz fundador da Arrington XRP Capital

Dogecoin foi lançado no mercado como uma brincadeira em 6 de dezembro de 2013. Mas logo chamou atenção como um sistema de gorjetas na Internet, em que os usuários das redes sociais concediam gorjetas em Dogecoin para outros usuários que fornecem conteúdo interessante, principalmente em sites como o Reddit.

Devido à sua natureza de criptomoeda, você pode comprar-los, trocá-los, minerar Dogecoin e até mesmo receber gorjetas para para guardá-los em sua carteira Dogecoin.

Dogecoin pode ser guardado numa paper wallet, no seu computador, seu smartphone, ou um site de exchange, e ser utilizado para compras.

Pode também trocá-lo por outras  (ou converter Dogecoin para reais) e você pode facilmente obter a carteira Dogecoin visitando o website oficial da moeda.

Leia também  Investidor bilionário Tim Draper aconselha presidente argentino a investir em Bitcoin

Comunidade Dogecoin cria petição para que a Amazon aceite a criptomoeda. Clique aqui para ler mais!