Entenda o que são Pools de Mineração e quais são as melhores

Vamos explicar em nosso tutorial abaixo, o que é um Pool de Mineração e quais são as 6 melhores Pools para se minerar Bitcoin. E é viável ou não minerar Bitcoin no ? Leia e confira no nosso artigo!

Por que os mineradores são tão importantes para a Bitcoin?

Mineradores de Bitcoin são cruciais para o ecossistema Bitcoin e sua segurança. Sem mineradores, o Bitcoin seria vulnerável e fácil de atacar.

Anote isto:

  • A maioria dos usuários de Bitcoin não mineram.
  • No entanto, os mineiros são responsáveis pela criação de todos os novos e uma parte fascinante do ecossistema Bitcoin.
  • Mineração, uma vez feito no computador doméstico médio, agora é feito principalmente em grandes armazéns especializados com quantidades maciças de hardware de mineração.
  • Estes armazéns geralmente direcionam seu poder de hashing para diversas piscinas de mineração.

O que é uma Pool (Piscina) de Mineração?

As piscinas de mineração são grupos de mineradores que cooperam entre si e que concordam em dividir recompensas de bloco em proporção ao seu poder de hashing de mineração contribuído.

Enquanto as Pools de mineração fazem com que o minerador médio melhore as suas recompensas torne-as mais previsíveis, por outro lado, concentra e centraliza o poder para o proprietário do pool de mineração.

Os mineradores podem, no entanto, optar por redirecionar seu poder de hashing para um pool de mineração diferente a qualquer momento.

Embora possamos ver quais pools de mineração são os maiores, é importante entender que o poder de hash apontado em direção a um pool de mineração não é necessariamente propriedade do próprio pool de mineração.

Há alguns casos, como com a BitFury e KnCMiner, onde a própria empresa executa a operação de mineração, mas não executa um pool de mineração.

Os mineradores de Bitcoin podem alternar pools de mineração facilmente encaminhando seu poder de hash a um pool diferente, quando desejar.

Leia também  Grupo quer utilizar a rede blockchain para eleições transparentes em São Paulo

Para fazer a lista dos 10 maiores mineiros, analisamos os blocos encontrados nos últimos 6 meses usando dados do BlockTrail. O tamanho dos pools de mineração está mudando constantemente. Faremos o nosso melhor para manter este post atualizado.

Nota: Se você minera em nuvem, como na Genesis Mining então você não precisa selecionar uma piscina; A empresa de mineração em nuvem faz isso automaticamente.

Antes de começar…

Você precisa de uma carteira (wallet) de Bitcoin e escolher um software minerador!

As 6 maiores e melhores Pools de mineração

1)

A Discus Fish, também conhecido como F2Pool, é baseado na China. A F2Pool minerou cerca de 19,5% de todos os blocos nos últimos seis meses.
Site: https://www.f2pool.com/

2) AntPool

Antpool é outro pool de mineração com sede na China, mantido pela BitMain. A Antpool minera cerca de 18,5% de todos os blocos.
Site: https://antpool.com/

3)

A BitFury é um dos maiores produtores de hardware e chips de mineração da Bitcoin. BitFury atualmente minera cerca de 13% de todos os bitcoins em três data centers em toda a Geórgia. É um pool de mineração privado e nem todo minerador pode participar dela. A BitFury é a maior mineradora de bitcoin do mundo.
Site: http://www.bitfury.org/

4) BTCC

A BTCC é a terceira maior de Bitcoin da China. Seu pool de mineração atualmente explora cerca de 11,5% de todos os blocos.
Site: https://pool.btcchina.com/

5) BWPool

A BWPool, criada em 2014, é outra empresa de mineração com sede na China. Minera atualmente cerca de 8% de todos os blocos.
Site: https://www.bw.com/

6) KnCMiner

A Suécia é o lar da KnCMiner, uma produtora Bitcoin baseada em Estocolmo. KnCMiner atualmente minerado cerca de 6% de todos os blocos. KnCMiner não é um pool e minera bitcoins em seus próprios armazéns.
Site: http://www.kncminer.com/

Leia também  Entenda o que muda com o Halving: a diminuição da recompensa pela mineração do Bitcoin

Breve comparação das Pools

POOL LOCALIZAÇÃO POOL PRIVADA?
BitFury Georgia 0% Sim
BTCC China 2-3% Não
Slush Pool República Checa 2% Não
Antpool China 1% Não
BW China 1% Não

O gráfico de comparação acima é apenas uma referência rápida. A localização de uma pool não importa muito. A maioria das pool tem servidores em todos os países, mesmo que o pool de mineração esteja baseado na China, você pode se conectar a um servidor nos EUA, por exemplo.

[EXTRA]

Site mostra quantidade de blocos encontrados pelas Pools de acordo com o período. Confira em https://bitcoinchain.com/pools

Quais países mineram mais Bitcoins?

A mineração de Bitcoin tende a se lançar em direção a países com eletricidade barata.

Como a mineração do Bitcoin é um pouco centralizada, entre 10-15 empresas de mineração têm reivindicado a grande maioria do poder de hash da rede.

Com muitas dessas empresas no mesmo país, apenas um número de países mineram e exportam uma quantidade significativa de bitcoins.

China: A campeã

A China é a campeã de mineração de bitcoins e conseqüentemente “exporta” a maioria de bitcoins.

A eletricidade na China é muito barata e permitiu que os mineradores chineses de Bitcoin ganhassem uma porcentagem muito grande do poder de hash do Bitcoin.

Há rumores de que algumas companhias de energia chinesas apontam seu excesso de energia para as instalações de mineração do Bitcoin para que nenhuma energia seja desperdiçada.

A China é o lar de muitas das principais empresas de mineração da Bitcoin, entre elas: F2Pool, AntPool, BTCC, e BW.

Estima-se que estes pools de mineração possuem algo em torno de 60% do poder hash de Bitcoins, o que significa que eles mineram cerca de 60% de todos os novos bitcoins criados.

Leia também  A China não vai parar o Bitcoin: entenda por quê

Geórgia

A Geórgia é o lar de BitFury, um dos maiores produtores de hardware e chips de mineração de Bitcoin. A BitFury atualmente minera cerca de 15% de todos os bitcoins.

Suécia

A Suécia é o lar da KnCMiner, uma empresa de mineração Bitcoin sediada em Estocolmo. A KnCMiner minera atualmente cerca de 7,5% de todos os bitcoins.

E o Brasil?

Infelizmente o Brasil não é um lar para a mineração de Bitcoin, visto que o da energia elétrica aqui é muito alta, fora o custo para importar as máquinas necessárias, que é altíssimo, então não vale a pena minerar Bitcoin no Brasil.

Há empresas como a CoinPY, do Brasileiro Rocelo Lopes, responsável pela CoinBR, no Brasil, que já estão explorando a mineração no Paraguai, já que o custo da energia elétrica lá é muito barato. Vale lembrar que na Venezuela o custo é quase de graça e diversos mineradores de Bitcoin já foram presos por lá, por conta da opressão do seu .


[Atenção: as informações desta publicação podem estar desatualizadas, de acordo com a variação do mercado, se encontrar algum erro pode deixar o seu comentário abaixo que será corrigido]

Siga nosso canal no Telegram e recebe notícias diárias sobre o Bitcoin: telegram.me/guiadobitcoin
Ajude a manter o maior portal sobre Bitcoin no ar, doe para o Guia do Bitcoin: 17NQZv6ypJudHLKqRcXxej5k6wCiGT5152

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *