Entenda o que são Pools de Mineração e quais são as melhores

9s Comentários

Vamos explicar em nosso tutorial abaixo, o que é um Pool de Mineração e quais são as 6 melhores Pools para se minerar Bitcoin. E é viável ou não minerar Bitcoin no Brasil? Leia e confira no nosso artigo!


Mineradores de Bitcoin são cruciais para o ecossistema Bitcoin e sua segurança. Sem mineradores, o Bitcoin seria vulnerável e fácil de atacar.
Por que os mineradores são tão importantes para a rede Bitcoin?

Anote isto:

  • A maioria dos usuários de Bitcoin não mineram.
  • No entanto, os mineiros são responsáveis pela criação de todos os novos bitcoins e uma parte fascinante do ecossistema Bitcoin.
  • Mineração, uma vez feito no computador doméstico médio, agora é feito principalmente em grandes armazéns especializados com quantidades maciças de hardware de mineração.
  • Estes armazéns geralmente direcionam seu poder de hashing para diversas piscinas de mineração.

O que é uma Pool (Piscina) de Mineração?

As piscinas de mineração são grupos de mineradores que cooperam entre si e que concordam em dividir recompensas de bloco em proporção ao seu poder de hashing de mineração contribuído.

Enquanto as Pools de mineração fazem com que o minerador médio melhore as suas recompensas torne-as mais previsíveis, por outro lado, concentra e centraliza o poder para o proprietário do pool de mineração.

Os mineradores podem, no entanto, optar por redirecionar seu poder de hashing para um pool de mineração diferente a qualquer momento.

Leia também  Bitstamp torna-se a primeira Bolsa de Bitcoin Licenciada do Mundo e atua nos 28 países da União Européia

Embora possamos ver quais pools de mineração são os maiores, é importante entender que o poder de hash apontado em direção a um pool de mineração não é necessariamente propriedade do próprio pool de mineração.

Há alguns casos, como com a BitFury e KnCMiner, onde a própria empresa executa a operação de mineração, mas não executa um pool de mineração.

Os mineradores de Bitcoin podem alternar pools de mineração facilmente encaminhando seu poder de hash a um pool diferente, quando desejar.

Para fazer a lista dos 10 maiores mineiros, analisamos os blocos encontrados nos últimos 6 meses usando dados do BlockTrail. O tamanho dos pools de mineração está mudando constantemente. Faremos o nosso melhor para manter este post atualizado.

Nota: Se você minera em nuvem, como na Genesis Mining então você não precisa selecionar uma piscina; A empresa de mineração em nuvem faz isso automaticamente.

Antes de começar…

Você precisa de uma carteira (wallet) de Bitcoin e escolher um software minerador!

As 6 maiores e melhores Pools de mineração

1) F2Pool

A Discus Fish, também conhecido como F2Pool, é baseado na China. A F2Pool minerou cerca de 19,5% de todos os blocos nos últimos seis meses.
Site: https://www.f2pool.com/

2) AntPool

Antpool é outro pool de mineração com sede na China, mantido pela BitMain. A Antpool minera cerca de 18,5% de todos os blocos.
Site: https://antpool.com/

3) BitFury

A BitFury é um dos maiores produtores de hardware e chips de mineração da Bitcoin. BitFury atualmente minera cerca de 13% de todos os bitcoins em três data centers em toda a Geórgia. É um pool de mineração privado e nem todo minerador pode participar dela. A BitFury é a maior mineradora de bitcoin do mundo.
Site: http://www.bitfury.org/

4) BTCC

A BTCC é a terceira maior exchange de Bitcoin da China. Seu pool de mineração atualmente explora cerca de 11,5% de todos os blocos.
Site: https://pool.btcchina.com/

Leia também  Coinmap: mapa Interativo mostra as lojas e empresas que aceitam Bitcoin no Brasil e no mundo

5) BWPool

A BWPool, criada em 2014, é outra empresa de mineração com sede na China. Minera atualmente cerca de 8% de todos os blocos.
Site: https://www.bw.com/

6) KnCMiner

A Suécia é o lar da KnCMiner, uma produtora Bitcoin baseada em Estocolmo. KnCMiner atualmente minerado cerca de 6% de todos os blocos. KnCMiner não é um pool e minera bitcoins em seus próprios armazéns.
Site: http://www.kncminer.com/

Breve comparação das Pools

POOL LOCALIZAÇÃO TAXAS POOL PRIVADA?
BitFury Georgia 0% Sim
BTCC China 2-3% Não
Slush Pool República Checa 2% Não
Antpool China 1% Não
BW China 1% Não

O gráfico de comparação acima é apenas uma referência rápida. A localização de uma pool não importa muito. A maioria das pool tem servidores em todos os países, mesmo que o pool de mineração esteja baseado na China, você pode se conectar a um servidor nos EUA, por exemplo.

[EXTRA]

Site mostra quantidade de blocos encontrados pelas Pools de acordo com o período. Confira em https://bitcoinchain.com/pools

Quais países mineram mais Bitcoins?

A mineração de Bitcoin tende a se lançar em direção a países com eletricidade barata.

Como a mineração do Bitcoin é um pouco centralizada, entre 10-15 empresas de mineração têm reivindicado a grande maioria do poder de hash da rede.

Com muitas dessas empresas no mesmo país, apenas um número de países mineram e exportam uma quantidade significativa de bitcoins.

China: A campeã

A China é a campeã de mineração de bitcoins e conseqüentemente “exporta” a maioria de bitcoins.

A eletricidade na China é muito barata e permitiu que os mineradores chineses de Bitcoin ganhassem uma porcentagem muito grande do poder de hash do Bitcoin.

Leia também  BitPay lança cartão de débito de Bitcoin em parceria com a VISA

Há rumores de que algumas companhias de energia chinesas apontam seu excesso de energia para as instalações de mineração do Bitcoin para que nenhuma energia seja desperdiçada.

A China é o lar de muitas das principais empresas de mineração da Bitcoin, entre elas: F2Pool, AntPool, BTCC, e BW.

Estima-se que estes pools de mineração possuem algo em torno de 60% do poder hash de Bitcoins, o que significa que eles mineram cerca de 60% de todos os novos bitcoins criados.

Geórgia

A Geórgia é o lar de BitFury, um dos maiores produtores de hardware e chips de mineração de Bitcoin. A BitFury atualmente minera cerca de 15% de todos os bitcoins.

Suécia

A Suécia é o lar da KnCMiner, uma empresa de mineração Bitcoin sediada em Estocolmo. A KnCMiner minera atualmente cerca de 7,5% de todos os bitcoins.

E o Brasil?

Infelizmente o Brasil não é um lar para a mineração de Bitcoin, visto que o preço da energia elétrica aqui é muito alta, fora o custo para importar as máquinas necessárias, que é altíssimo, então não vale a pena minerar Bitcoin no Brasil.

Há empresas como a CoinPY, do Brasileiro Rocelo Lopes, responsável pela CoinBR, no Brasil, que já estão explorando a mineração no Paraguai, já que o custo da energia elétrica lá é muito barato. Vale lembrar que na Venezuela o custo é quase de graça e diversos mineradores de Bitcoin já foram presos por lá, por conta da opressão do seu governo.

[Atenção: as informações desta publicação podem estar desatualizadas, de acordo com a variação do mercado, se encontrar algum erro pode deixar o seu comentário abaixo que será corrigido]

Siga nosso canal no Telegram e recebe notícias diárias sobre o Bitcoin: telegram.me/guiadobitcoin
Ajude a manter o maior portal sobre Bitcoin no ar, doe para o Guia do Bitcoin: 17NQZv6ypJudHLKqRcXxej5k6wCiGT5152

Aviso de risco: Investir em moedas digitais, ações, títulos e outros valores, mercadorias, divisas e outros produtos de investimento derivado (por exemplo, contratos por diferença, “CFD”) é especulativo e representa um nível elevado de risco. Cada investimento é único e envolve riscos únicos.

Os CFD e outros derivados são instrumentos complexos e têm um risco elevado de perda rápida de dinheiro devido a alavancagem. Deverá ponderar se compreende como o investimento funciona e se consegue suportar o risco elevado de perda do seu dinheiro.

As criptomoedas podem ter preços flutuantes e, por isso, não são adequados a todos os investidores. A negociação de criptomoedas não é supervisionada por qualquer enquadramento regulador da UE. O desempenho anterior não garante os resultados futuros. Qualquer histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. O seu capital está em risco.

Quando negoceia em ações, o seu capital está em risco.

O desempenho anterior não é um indicativo fiável de resultados futuros. O histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. Os preços podem tanto subir como descer, os preços podem flutuar bastante, pode estar exposto a flutuações de taxa de câmbio e pode perder todo ou mais capital do que o que investiu. O investimento não é adequado para todos, certifique-se de que compreendeu totalmente os riscos e legalidades envolvidas. Se não tiver a certeza, procure aconselhamento financeiro, legal, fiscal e/ou contabilístico. Este website não oferece aconselhamento financeiro, legal, fiscal ou contabilístico. Alguns links são links afiliados. Para mais informação, leia o nosso aviso e declaração de risco completo.