Empresa japonesa cria sistema de segurança Bitcoin

0 Comentários

homens andando

A Mitsubishi UFJ Trust e Banking usará registros de transações para proteger os bitcoins dos clientes.

A Mitsubishi UFJ Trust and Banking, grupo bancário de confiança do Mitsubishi UFJ Financial Group (MUFG), está projetando uma rede de segurança, na qual os clientes poderão manter suas criptomoedas separada de seus outros ativos.

A empresa procura lançar o novo sistema em abril do próximo ano. Será a primeira instituição a oferecer esta opção, e está solicitando uma patente.

Mantendo as coisas separadas

O sistema funcionará mantendo o mesmo registro de transações que as exchanges de criptomoedas fazem. Se algo parece errado, por exemplo, uma transação suspeita, ou evidência de um ataque , a poderá parar a transação para inspecioná-la.

As exchanges precisarão pagar uma taxa para se obter acesso ao sistema. O incentivo atrair as exchanges, será a segurança oferecida pelo sistema, “proporcionando-lhes paz de espírito”. A segurança das criptomoedas sempre foi um problema para as de criptomoedas, e vai se tornar uma questão cada vez mais prioritária à medida que o número de usuários crescer.letreiro da MUFG

Leia também  Bancos europeus se juntam a IBM para construir plataforma Blockchain para pequenas empresas financeiras

A MUFG é o maior grupo financeiro do Japão e o segundo maior banco de holding do mundo. É também a segunda maior empresa pública no Japão. A MUFG, é um investidor ansioso por todo o avanço tecnológico gerado pela blockchain.

A MUFG investiu na Coinbase, a maior exchange de criptomoedas dos , e a subsidiária Bank of Tokyo Mitsubishi UFJ assinou uma parceria com ela. De acordo com o site Kabu.com em 2016, o MUFG revelou um novo projeto, recompensar seus funcionários com um token chamado OOIRI como pagamento por manter uma vida saudável. O token OORI está vinculado ao valor do iene. Em maio, a empresa investiu no R3, um projeto de desenvolvimento de blockchain e a Enterprise Ethereum Alliance.

bitcoin brilhanteEm uma entrevista recente com a CNBC, o CEO da MUFG, Noboyuki Hirano, ressaltou a diferença entre as moedas digitais públicas, como o e a tecnologia blockchain, usadas pelos : “É uma espécie de método interbancário de compensação de dinheiro ou títulos. Portanto, não tem nada a ver com ou outro tipo de criptomoedas… que ninguém controla e que tem uma enorme volatilidade todos os dias…”

Leia também  Resumo semanal: Criptomoedas

 

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]