Discípulo de Warren Buffett, critica a opinião do velho investidor sobre o Bitcoin

0 Comentários
Imagem: Reprodução

O ex-executivo do e investidor, Chamath Palihapitiya veio em defesa do após críticas a criptomoeda pelo lendário investidor Warren Buffett e o fundador da , . Em uma entrevista à CNBC, Palihapitiya comparou o bitcoin a um seguro contra uma crise financeira semelhante à que atingiu os mercados em 2007. “É um hedge não correlacionado [ao mercado de ações]”, disse ele.

O discurso de segunda-feira contra o bitcoin de Buffett e Gates, influenciaram no desenvolvimento da criptomoeda em direção aos US $ 10.000 e resultou em uma queda significativa no preço. Porém uma série de notícias positivas, incluindo o anúncio de um novo índice de criptomoedas e o voto de confiança de Palihapitiya, ajudaram a retomar a alta.

Ele não entende o Bitcoin

Durante sua conversa, Palihapitiya citou a teoria de Buffett de se ater ao seu “círculo de competência” como a possível razão de o próprio lendário investidor estar errado. “Ficou claro em toda a sua carreira de investimento que a tecnologia não está em seu círculo de competência”, disse ele, referindo-se ao investimento anterior de Buffett na , uma ação que registrou 22 trimestres de perdas antes de voltar a valorizar este ano.

Leia também  Ministro da Espanha diz: Não iremos esperar por um acordo global sobre criptomoedas

A Social Capital, a empresa de capital de risco co-fundada por Palihapitiya, está baseada no Vale do Silício, com foco de inovação em criptomoedas. Segundo ele, é necessário um “passaporte” para navegar entre investidores regulares e credores bitcoin. “Eles não são as mesmas pessoas”, disse ele. Estratégia de detalhamento para seu próprio portfólio, Palihapitiya disse que ele tinha 99% de risk on e 1% de risk off. “Nesses 1%, o bitcoin é realmente importante porque não está correlacionado com o resto do mercado”, disse ele.

Durante a espetacular valorização das criptomoeda em dezembro do ano passado, Palihapitiya previu que o Bitcoin valerá US$ 100 mil dentro dos “próximos três a quatro anos” e custará US $ 1 milhão nos próximos 20 anos.

Fonte

Guia do Bitcoin

Leia também  Mais fundos de Hedge estão investindo em Bitcoin sem alarde