De olho no Fork: tome precaução extra ao tentar acessar seus tokens BCC

Os detentores de Bitcoin devem estar conscientes de que durante e após um fork, as pessoas podem cometer erros ao se diferenciar entre as duas Blockchains. Ao lado da confusão, também há a chance de pessoas mal-intencionados se mostrar confiáveis ​​prometendo ajuda às pessoas com acesso aos tokens “Bitcoin Cash” e roubar suas chaves privadas. O risco de perder bitcoin em erros como estes será aumentado durante e após um fork de rede.

Antes e depois do 1 de agosto

No dia 1 de agosto, é provável que o Bitcoin se divida em duas redes resultado de um próximo “hard fork ativado pelo usuário” (UAHF). Essencialmente, isso significa que qualquer pessoa que possua chaves privadas dos seus Bitcoins terá acesso à segunda Blockchain e seu token associado chamado ‘Bitcoin Cash’ (BCC). No entanto, as pessoas ainda precisam esperar por provedores de software, trocas, carteiras e outros terceiros para utilizar BCC para vender, comercializar ou mantê-los.

A partir deste momento, alguns dias antes de 1 de agosto, existem muitas empresas bitcoin que explicam seus planos para um possível fork. Algumas empresas planejam lidar com ambas as Blockchains, enquanto algumas apenas suportarão o protocolo padrão do Bitcoin (BTC). A maioria das carteiras não privativas, sob custódia, fornecerá infra-estrutura para a cadeia BCC, e há exchanges que listarão o token também. Portanto, haverá vários métodos para que as pessoas acessem a cadeia BCC e muitas pessoas estão se preparando para esse evento agora.

Leia também  Trading: Como negociar no mercado "Forex" utilizando Bitcoin

Atenção: a chance de sites falsos, fraudes de phishing serão maiores.

Infelizmente, durante tempos confusos e preocupantes, os ladrões gostam de usar essas oportunidades para roubar pessoas. Então, após o fork, as pessoas devem aguardar o provedor de serviços (carteira / exchange) anunciarem como os clientes podem lidar com seus tokens BCC.

Carteira Trezor

A Trezor disse que depois do Fork, integrarão o suporte para a cadeia alternativa, e provavelmente acontecerá com o firmware atualizado. Neste caso, os usuários do Trezor devem estar 100% seguros de que estão acessando este firmware no site oficial do Trezor e devem verificar novamente o código de série no dispositivo para ter certeza de que ele é legítimo.

Provavelmente haverá algumas instâncias em que pessoas mal-intencionadas pretendem se tornar “empresas de confiança” ou criar “aplicativos falsificados” para que eles possam roubar chaves privadas. Ao longo dos últimos anos, houve muitas carteiras falsas na App Store e no Google Play que roubam as chaves. Além disso, alguns hackers podem criar sites de phishing que são quase idênticos às carteiras online, o que também pode levar a uma perda de fundos.

Faça o backup de tudo, verifique duas vezes, não se precipite e apenas seja paciente

Durante e após um fork, as pessoas devem tomar precauções extras se estiverem tentando obter acesso às moedas BCC. Para uma boa medida, as pessoas podem verificar os sites de certificados de segurança, certifique-se de que as carteiras que eles baixam são oficiais, verifique o firmware e verifique se tudo parece legítimo antes de inserir sua seed ou inserir suas chaves privadas em qualquer lugar.

Leia também  Preço do Bitcoin atinge nova máxima de todos os tempos e supera os $ 1.700

Dica: Para se obter a BCC, será exigido acesso as chaves privadas BTC. Antes de inserir suas chaves privadas em carteiras com suporte a BCC, mova os seus seus Bitcoins para outro endereço. Dicas de carteiras: https://goo.gl/4F3ryT.


Gostou das dicas? Mantenha-se informado sobre o Fork:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Linkedin: https://www.linkedin.com/company-beta/16221556

Bitcoins no seu e-mail

Digite o seu e-mail

Junte-se a 17.491 outros assinantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *