DaoStack – O futuro da colaboração descentralizada

DAOstack foi projetado para incentivar e concretizar o futuro da colaboração. É uma plataforma que permite que projetos e pessoas que estejam realizando ações coletivas se organizem em torno de metas ou valores compartilhados, de maneira fácil e eficiente. Por isso, DAOstack é também chamado de sistema operacional para inteligência coletiva.

ICO Bônus Deposito Mínimo Quantidade Disponível Abrir uma conta

DAO
Sem Bonus 1 ETH Infinitos GEN Tokens Investir Agora

O projeto, que terá seu primeiro dApp lançado na primavera de 2018, inclui um conjunto modular de contratos inteligentes, um ambiente de desenvolvedor JavaScript amigável e uma interface de usuário intuitiva que permite a qualquer pessoa participar de uma organização descentralizada sem conhecimento técnico.

A necessidade

Historicamente, quando houve a necessidade de coordenar grandes grupos de pessoas e apontá-los para a ação coletiva, as pessoas confiaram em sistemas de hierarquia do topo para baixo. Exemplos perfeitos disso são as estruturas de tomada de decisão em corporações, governos e forças armadas.

Um grande problema com as hierarquias é que elas contêm pontos concentrados de falha e brechas no sistema, uma vez que os indivíduos podem estar sujeitos a má influência, má atuação, corrupção, ou simplesmente mau julgamento. Além disso, os interesses dos poderosos são muitas vezes desalinhados com os dos menos poderosos, deixando os tomadores de decisão frequentemente incentivados a agir contra o bem comum. No Brasil, nós temos o exemplo disso no dia-a-dia, com a corrupção do governo e o aumento de impostos e taxas. Com a internet e posteriormente o blockchain, uma excitante alternativa surgiu na forma de um movimento em direção à descentralização, no qual pessoas se organizam digitalmente para agir coletivamente sem tais centros de poder focados em apenas alguns indivíduos. Um desses tipos de organização tornou-se conhecido como DAO, ou organização autônoma descentralizada (Decentralised Autonomous Organisation).

Imagine milhares de pessoas trabalhando juntas para resolver grandes problemas mundiais, com recompensas distribuídas de acordo com o valor contribuído, e decisões sendo tomadas através da sabedoria da multidão. Em uma DAO, uma rede de pares codifica seus protocolos para a tomada de decisões no blockchain, e se baseia em contratos inteligentes, geralmente executados na rede Ethereum para ser a voz ativa que registra as decisões e realiza a vontade coletivo. É um conceito popular e plausível porque promete eliminar o intermediário, além de contornar os mecanismos centralizados de financiamento, como o capital de risco, em favor do crowdfunding. 

Até este ponto, no entanto, DAOs permaneceram em grande parte uma ideia abstrata, ainda não na prática, exceto em um punhado de casos limitados. Acontece que a descentralização representa alguns desafios, entre eles o maior sendo a ineficiência, por dar uma voz a todas as pessoas. Se você der a todos uma voz ativa, as coisas podem ficar muito barulhentas muito rapidamente, como uma reunião irritante da associação de bairro, multiplicada por mil. Quanto mais você distribuir o poder de decisão em toda a organização, mais você se arrisca a incomodar a todos em um mar de tomada de decisões, tornando difícil chegar a um consenso.

Então, se você for coordenar uma multidão efetivamente, você precisa de tecnologia não apenas para fazer propostas e votar, mas também para gerenciar a atenção coletiva. Você precisa de maneiras de determinar quem pode fazer propostas e como. Você precisa de maneiras de determinar quais propostas devem realmente chamar a atenção dos eleitores, e você precisa de maneiras de determinar quem deve estar envolvido em cada decisão, de acordo com a reputação ou a credibilidade do tema a ser votado.

Você também não quer que nenhum desses mecanismos seja vulnerável à corrupção, o que quer dizer que você não quer que a influência seja facilmente comprada e vendida. Você quer que todos sejam incentivados a agir focando em trazer o bem maior. E você deseja que todos esses sistemas sejam fortes o suficiente para poderem ser dimensionados e fornecer alternativas viáveis ​​para as empresas de telecomunicação, redes sociais, empresas de commodities e assim por diante. Para resolver um problema amplamente complexo como este, precisamos de uma solução que possa ser adaptável ao cenário atual.

A abordagem

O primeiro princípio de projetar o Daostack não foi construir um protocolo específico ou uma aplicação específica, mas sim construir a base a partir da qual todo um ecossistema pudesse crescer e prosperar. Quando os criadores do DAOstack começaram a arquitetar soluções para governança descentralizada, eles reconheceram que, dada a complexidade do problema, as melhores soluções só surgiriam com o tempo, especialmente porque as necessidades variariam nos casos de uso.

Então, primeiramente, eles projetaram o DAOstack como uma plataforma de experimento contínuo, na qual diferentes módulos de governança para DAOs possam ser facilmente misturadas e combinadas para cada organização, como peças de LEGO, ou quebra-cabeças.

Eles também queriam oferecer várias maneiras para os usuários interagirem com o sistema, de modo que atendesse às necessidades de todos, e eles queriam facilitar a criação de aplicativos front-end personalizados com base no back- end já existente, pois perceberam que muitos casos de uso exigiriam sua própria interface.

Com todas essas considerações em mente, a equipe construiu a “DAO “stack”, significando que o conjunto de tecnologias e soluções é  chamado de ”Pilha DAO” ou “camadas DAO”.

Casos de Uso DAOstack

No sentido mais amplo, o DAOstack é útil sempre que houver a necessidade de coordenar um grande grupo de pessoas para tomar decisões coletivamente. Então, pensando em alguns tipos diferentes de decisões que um grupo pode precisar fazer, podemos imaginar várias categorias de casos de uso.

Colaboração para produzir um resultado (“trabalho”)

Nos casos em que o objetivo é desenvolver ou fornecer produtos e serviços, as decisões que precisam ser tomadas geralmente dizem respeito a como valorizar contribuições individuais e como orçamentar projetos e outras compras. Quais projetos devem ser financiados? Quanto fulano deve ser pago por um trabalho de freelance, ou fulana por ter desenvolvido um logo para uma empresa?

Exemplos incluem o seguinte:

  • Um projeto de cinema de 1.000 artistas
  • Um projeto de software de código aberto de 10.000 desenvolvedores
  • Uma iniciativa climática de 50.000 cientistas
  • Uma rede de notícias colaborativa de 100.000 jornalistas

Em breve, esses tipos de organizações poderão usar a plataforma para distribuir coletivamente tokens e reputação, encontrar colaboradores e oferecer recompensas aos profissionais. Ou eles poderiam construir um dpp personalizado utilizando as camadas de tecnologia se isso servisse melhor às suas necessidades.

Gestão de Ativos

Esses tipos de coletivos tomam decisões principalmente sobre o gerenciamento de ativos e a alocação de recursos. Devemos investir nesta empresa ou nessa propriedade? Devemos pagar essa reivindicação? Devemos vender esse ativo?

Leia também  Cool Cousin pode ajuda-lo a viajar com a família pelo mundo afora

Exemplos incluem versões descentralizadas do seguinte:

  • Fundos de risco
  • Redes de seguros
  • Fundos de caridade
  • Fundos de pensão
  • Colectivos de investimento imobiliário

Curadoria

As redes de curadoria utilizam a sabedoria da multidão para classificar a qualidade subjetiva de objetos e conceitos. Qual conteúdo deve ser apresentado no feed ou no boletim informativo? Quão confiável é esta empresa? Quão boa é a comida naquele restaurante?

Exemplos incluem versões descentralizadas do seguinte:

  • Guias de restaurante ou hotel, semelhantes ao Yelp ou TripAdvisor
  • Feeds de artigo ou vídeo, semelhantes a feeds de notícias sociais ou Reddit
  • Listagens de sites, como uma pesquisa do Google com curadoria social

Todos acima

Na prática, muitas DAOs incluirão a tomada de decisões em mais de uma categoria.

Um projeto de software de código aberto, além de recompensar seus colaboradores (caso 1), pode curar coletivamente qual código será incluído em cada lançamento, ou qual será incluído em seu boletim informativo (3). Por outro lado, uma rede social, além de curadoria de conteúdo (3), tem um negócio a ser executado e deve pagar a seus desenvolvedores, profissionais de marketing, pessoal jurídico e assim por diante (1). E qualquer organização pode querer investir o produto de suas atividades em outros empreendimentos (2).

(Arquiteto da DAOstack Matan Field no painel “Building the Next System” no ETHDenver)

Leia também  A ATBCoin oferece a última chance de investir

A Economia Colaborativa

De fato, esta é a visão mais ampla do DAOstack. A plataforma foi projetada para sustentar um ecossistema inteiro de organizações descentralizadas – uma comunidade de DAOs, capazes de compartilhar talentos, ideias e aprendizados uns com os outros. As DAOs poderão atuar como membros de outra DAOs, criando uma “malha de DAOs” fluida ou “internet of work” na qual coletivos de coletivos são comuns e em que qualquer indivíduo pode participar de dezenas de diferentes coletivos.

Imagine o que se torna possível quando dezenas ou centenas de milhões de pessoas participam desse tipo de economia colaborativa – uma em que ninguém exerce uma quantidade desproporcional de poder, todas são recompensadas proporcionalmente ao valor que contribuem e todos são incentivados a agir em alinhamento com o bem comum.

ICO Bônus Deposito Mínimo Quantidade Disponível Abrir uma conta

DAO
Sem Bonus 1 ETH Infinitos GEN Tokens Investir Agora
Leia também  Usuários podem agora guardar e trocar Bitcoin Cash através da carteira Blockchain

Este não é apenas um cenário excitante; é sem dúvida necessário. Muitos futuristas acreditam que as soluções para alguns dos grandes desafios do mundo – clima, pobreza, terrorismo, risco nuclear e assim por diante – serão resolvidas apenas pelo poder da colaboração descentralizada em grande escala, bem como pela mudança generalizada do significado de vitória. Isto é, a substituição de estruturas de incentivo econômico de curto prazo (ou “rivais”) – onde o sucesso de um significa a derrota de um outro – por estruturas de colaboração (ou “anti-rival”) – onde o sucesso de um significa o sucesso de um outro ou de vários.

Distribuição do token GEN

A distribuição dos investidores no Token GEN será da seguinte forma: 

  • 10% Dedicado ao time de desenvolvedores, contribuidores e conselheiros
  • 10% Dedicado aos futuros contribuidores do projeto
  • 40% Dedicado a compradores após os estágios da ICO
  • 40% Dedicado a plataforma do coletivo Genesis DAO, a primeira DAO a ser criada utilizando a tecnologia de DAOstack.

O projecto DAOstack, na sua essência, procura usar o blockchain para criar micro-incentivos momento a momento que, quando multiplicados por milhares de indivíduos e milhões de momentos, dão origem a um clima macroeconómico que permite às multidões colaborar de forma mais resiliente e eficiente do que qualquer outro sistema que já existiu.

Caso você tenha gostado desta ideia, encontre mais informações no site do DAOStack.

loading...

ICO: Não perca a última etapa da ICO CamX com desconto

A segunda e última etapa da venda de tokens da CAMX ICO durará de 20 de novembro a 4 de dezembro, com desconto de 5%. CAMX é uma criptomoeda para adultos,…

0 Comentários

Plataforma de lançamento da Pré-ICO Enigma é hackeada e tem quase US$ 500.000 em Ethereum roubados

Parece que uma outra ICO de criptomoedas foi vítima de um hack ou uma fraude. Por enquanto, não está claro se este foi algo arquitetado pela própria equipe da ICO ou…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link