Correção saudável? Preços Bitcoin recuam até US$1.700

 

Os preços do Bitcoin sofreram o que os analistas chamaram hoje de correção diária, caindo quase US$100 para uma queda de aproximadamente US$1.650, quase 7% abaixo do preço de abertura.
O preço do bitcoin sofreu esta queda depois de quase duplicar em menos de dois meses. Em meio ao forte interesse dos investidores, os preços do bitcoin chegaram a um máximo histórico de 1.848,75 dólares em 11 de maio, mas desde então caiu mais de 10%.
Em resposta, vários especialistas analisaram sobre a queda, embora a maioria tenha dito que era de se esperar dada a recente corrida de ganhos.
“O preço está sendo puxando para baixo após os grandes aumentos”, disse Charles Hayter, co-fundador e CEO do serviço de informações de câmbio CryptoCompare. “Uma correção está em jogo.”
Embora o preço do bitcoin tenha recuado um pouco, alguns analistas descreveram como sendo simplesmente uma correção “saudável”.
“Os preços não permanecem numa constante subida”, disse Harry Yeh, sócio-gerente da Binary Financial. Petar Zivkovski, COO da Whaleclub, tem uma opinião semelhante, chamando a atividade de “correção saudável”. No entanto, Zivkovski acrescentou que as altcoins podem enfrentar novas quedas.

Outros analistas afirmaram que a recente retração nos preços do bitcoin não era nada fora do comum. Tim Enneking, presidente da Crypto Asset Management, descreveu como “um comportamento padrão” depois de enormes ganhos.
Jacob Eliosoff, um gestor de fundos de criptomoedas, forneceu dados semelhantes.
“É como perguntar por que está chovendo quando está seco há semanas. É um pequeno retrocesso, subir sem parar por semanas, não seria natural”, disse ele.
Eliosoff projetou que os preços que possa causar algum alarde, seria se a queda fosse em torno de US$ 1.200 a US$ 1.000, concluindo que, a menos que tenhamos uma “queda real” como essa
nenhuma explicação é necessária.

Leia também  Preço do Bitcoin registra alta de mais de 7% e se aproxima dos $900 dólares

Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *