Como negociar Bitcoins com segurança via P2P (sem intermediários)

O mercado (entre pessoas, sem intermediários) é um dos elos mais importantes da negociação de , afinal, se um dia um país fechar , o que resta é o P2P, assim como acontece na Rússia, por isso, precisamos sempre fomentá-lo.

Existem formas seguras de se negociar dessa maneira e inclusive a exchange brasileira Foxbit está desenvolvendo um módulo para mercados P2P dentro da sua própria plataforma, mas enquanto isso não é finalizado, resolvemos criar um artigo para auxiliar na negociação de bitcoins no P2P, a fim de aumentar a e diminuir o índice de roubos e fraudes.

Vamos as :

Procure por referências

Sempre que for negociar com alguém, procure por referências na comunidade. A comunidade brasileira de bitcoin está concentrada em alguns locais da internet, como o grupo Bitcoin Brasil, o BitcoinTalk ou o fórum Bitcoin.com. Entre nesses sites e procure referências de quem você vai negociar, quanto mais referências positivas, menor o risco de problemas na negociação.

Verifique o perfil do usuário nas redes sociais

Ao iniciar uma negociação, entre no perfil da pessoa e vasculhe o seu perfil. Procure por indícios e atividades suspeitas, pois se você encontrar conteúdos relacionados a “infoCC, trampos, trampos ON, makineta, carder, lara, lotter“, é um mal sinal.
Vale também verificar os amigos e grupos, se tiver referências a qualquer um desses termos, sugerimos que cancele a negociação, pois há grandes chances de você perder seu /bitcoin. Vale verificar também se o perfil não é fake, nem está tendo um comportamento suspeito como:

  • Querer muita pressa na negociação
  • Te pagar uma cotação acima do que você está vendendo
  • Pedir que a transação não seja feita através do LocalBitcoins.
Leia também  Companhia aérea japonesa instalará caixas eletrônicos de Bitcoin em aeroportos e lojas duty-free e criará sua própria wallet

Na hora de vender, só receba transferência do titular da conta

Use a mesma regra das exchanges, onde JOÃO só faz transferências para conta do JOÃO, ou seja, do mesmo titular. As empresas seguem essa regra principalmente para evitar uso de contas roubadas. Se alguém comprar bitcoin de você usando uma conta roubada, em alguns dias o dinheiro será estornado e você ficará sem o dinheiro e sem os bitcoins. Resumindo: Se o perfil de nome Carlos Augusto Silva quiser comprar bitcoin usando a conta bancária de Maria dos Santos, fique atento.

Primeira a moeda FIAT

Transferência é algo facilmente rastreável, a polícia aceita Boletim de Ocorrência sobre transferência bancária, além de também ser reversível, ou seja, ao vender bitcoins, siga a regra FF: FIAT FIRST, que significa receber primeiro os Reais (R$). A menos que a pessoa que você for negociar tenha bastante referência, opte sempre por receber o dinheiro antes.

Leia também  Segurança: como funciona o Cofre da Coinbase, o BTC Vault

Evite negociar com perfis “fakes” ou recém criados

Evite perfis criados recentemente ou sem informações pessoais (com nome fake, foto de personagem/animal, etc). Essa dica é um pouco discriminatória, pois tem gente que não quer mostrar informações pessoais em  social, mas fique muito atento quando for negociar com esse tipo de perfil.

Utilize o LocalBitcoins somente com Custódia

Ao negociar através do LocalBitcoins, dê preferência por anúncios que possuam bitcoin sob custódia, ou seja, que os bitcoins já estejam disponíveis na plataforma. Isso mostra que o usuário possui os bitcoins que está tentando te vender, diminuindo o risco de fraude.

Essas são as principais dicas para você seguir e evitar riscos de perder seu bitcoin ou seus reais.

Leia também  Microsoft adicionará suporte extensivo para o Bitcoin e o descreve como moeda

Via: Blog FoxBit
Complementação: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *