Como construir uma carteira de criptomoedas? Aprenda a criar sua carteira bitcoin em 3 passos fáceis!

0 Comentários

Hoje em dia com a popularização das , mais e mais brasileiros estão buscando investir nesse segmento, principalmente no Bitcoins. Se você é um deles, aprender sobre como criar uma carteira  é um dos primeiros passos. Uma carteira de criptomoedas é um programa digital para enviar e receber criptomoedas, através do processo de venda e de compra delas. Existem vários tipos de carteiras, como por exemplo a carteira Monero e muitas outras além da de Bitcoins. A carteira também é a base para checar saldos e valores.

Para poder entrar no mercado de criptomoedas é fundamental ter uma carteira já que ela que vai possibilitar a interação com a blockchain e as transações de envios e de recebimentos de criptomoedas.

Se para você o conceito de blockchain também é confuso, em poucas palavras, isso significa uma corrente de blocos a qual possibilita a comercialização de criptomoedas. O blockchain é um “grande livro de contabilidade digital” no qual estão registradas todas as operações de vendas e de de moedas. Essas operações podem ser checadas por todos os usuários e também são protegidas por e são praticamente impossíveis de serem alteradas ou apagadas. Agora que esses conceitos estão mais claro, vamos te ensinar como fazer uma carteira Bitcoin. Continue a ler para aprender mais.

Índice

Leia também  Parabéns Satoshi! 9 anos atrás, no dia 31 de outubro de 2008, nascia o Bitcoin

Como fazer uma carteira Bitcoin?

Antes de mais nada, você precisa garantir que já leu grande parte do conteúdo do nosso site e está sem dúvidas sobre esse ser um investimento que se encaixa no seu perfil de investidor. Dessa maneira, será muito mais fácil para você tomar as suas decisões e aumentar o seu patrimônio para alcançar os seus objetivos financeiros.

Passo 1: Entrar no site Bitcoin.org

O site Bitcoin.org é a base para começar a investir nesse segmento, já que apresenta as informações institucionais sobre a . Assim que você entrar nesse site, você vai ver que vai ter uma série de opções de , entre elas: Bitcoin Knots, Bitcoin Core, Green Address, ArcBit, mSIGNA, Armory, Bither e Electrum. Cada uma dessas carteiras vai apresentar características parecidas e também diferentes, por isso é preciso entender como cada uma delas funciona e qual é a melhor para você.

Passo 2: Entender os tipos de carteiras de Bitcoin

As carteiras variam principalmente na sua , por exemplo a Electrum é somente para desktop. Há também as carteiras que funcionam apenas em smartphones e que são aplicativos. Outro tipo de carteira é as que funcionam na nuvem, como também por hardware e até mesmo impressas. Cada uma dessas carteiras apresentam vantagens e desvantagens. Vale ressaltar que o Bitcoin Core é a carteira original. Muitos preferem o Bitcoin Core por ser a mais atualizado e a carteira mais antiga. Essa carteira funciona também via desktop, tanto para PC como para Mac e para Linux. ​

Passo 3: Escolher a carteira de criptomoedas

Aí será necessário escolher a carteira de criptomoeda. Dependendo do tipo pode levar um longo tempo, já que ela vai precisar ser baixada. Cada uma das carteiras vai ter um processo diferente, mas basicamente será preciso criar um perfil, colocando na nova carteira de identidade de acordo com os seus dados pessoais e atrelar uma forma de pagamento a qual pode variar dependendo do tipo de carteira. Aí já é possível começar a comprar Bitcoins e também vender!

Leia também  Bitcoin Unlimited se recupera após segundo bug ser explorado com ataque DDoS

Outras formas de criar uma carteira de criptomoedas

 

Blockchain

Uma outra forma de criar uma carteira de criptomoedas é através do Blockchain diretamente. Essa é considerada também como uma carteira oficial sendo bastante segura, com atualizações e manutenções regulares. Acessando o site é possível cadastrar um perfil e já ter acesso aos Bitcoins facilmente. Esse é um método mais fácil para quem está começando, mas vale ressaltar que não dá para comprar ou para vender, mas somente realizar transações de envio e de recebimento de moedas.

Dessa maneira o usuário já deverá ter Bitcoins, realizando a sua compra de Bitcoins em corretoras ou em outras exchanges. Essa carteira além de ser desktop também funciona em mobile.

Corretoras brasileiras

Além de usar essas carteiras, há também a possibilidade de utilizar corretoras brasileiras. Entre elas se destacam: Mercado Bitcoin, a qual faz transferência para contas bancárias b

rasileiras e Foxbit, a qual também aceita transferências bancárias em Reais. Essas carteiras por corretoras brasileiras geralmente são mais fáceis de serem usadas já que apresentam plataformas inteiramente ad

aptadas com o que os brasileiros já estão acostumados a usar.

Uma carteira Bitcoin é pública ou privada?

Uma carteira de Bitcoin ou de outras criptomoedas vai ser sempre mista, já que todas as transações realizadas nelas ficam marcadas no blockchain, podendo ser verificadas publicamente. Mas ao mesmo tempo a identidade dos compradores e dos vendedores é privada, mesmo que vinculadas a um nome e a um endereço eletrônico.

Leia também  Governo da Rússia está testando Blockchain para armazenamento de documentos

Uma carteira Bitcoin só pode realizar compra e venda de Bitcoins?

Além da criptomoeda Bitcoin existem muitas outras moedas que apresentam diferentes sistemas. Hoje em dia já existe carteiras que trabalham como multimoedas, por isso é preciso verificar antes de escolher.

Como manter sua carteira de criptomoedas segura?

Lembre-se que pelo fato das criptomoedas ser algo ainda novo e não ter uma grande que a proteja é preciso tomar diversos cuidados para manter sua carteira de criptomoedas segura. Para isso listamos algumas dicas:

  • Faça sempre senhas bastante complexas, misturando letras, números e símbolos.
  • Faça sempre backup das suas chaves, você pode baixá-las em diferentes formatos.
  • Use sempre carteiras que sejam reconhecidas pela sua segurança.
  • Opte também por carteira hardware e impressas, já que essas são offline e mais difíceis de serem acessadas.
  • Mantenha sempre o software ou o aplicativo da sua carteira atualizado com a última versão, para garantir o máximo de segurança.

Pontos importantes na hora de escolher uma carteira Bitcoin

Além do que apontamos acima, veja também os pontos importantes abaixo na hora de escolher uma carteira Bitcoin:

  • Escolher uma carteira com o máximo de segurança
  • Pensar em como você realiza suas transações, se precisa de acesso mobile ou não
  • Pensar em como você realiza os seus pagamentos, em Reais ou em Dólares
  • Ter claro se vai usar as moedas a curto ou a longo prazo
  • Verificar os valores pagos para transferências das moedas dependendo da carteira

Você pode perceber como é fácil criar uma carteira Bitcoin com o nosso guia de 3 passos fáceis. A parte mais complicada é realmente escolher qual é a melhor opção de acordo com as suas necessidades e também com o seu estilo de fazer investimentos em criptomoedas. Temos muitos outros artigos para te ajudar, não deixe de acessá-los para aprender mais sobre Bitcoin.