Coincheck volta a funcionar após ataque hacker que subtraiu $500 milhões em criptomoedas

0 Comentários

Uma das maiores exchanges de criptomoedas do Japão, divulgou ontem 30/10 que voltará a funcionar, disponibilizando novamente a abertura de contas para novos usuários, prestando todo suporte aos “novos e velhos” clientes, depois de 9 meses de paralização devido a um ataque hacker que ocasionou em um roubo de US $ 500 milhões em 26 de janeiro.

Vale destacar que a exchange voltou a funcionar apenas para usuários que moram no Japão. Antes da ativação da conta, os clientes precisam enviar documentos de identificação e passar por uma verificação KYC, para então receber uma carta instruindo a ativação da conta.

A exchange está adotando algumas medidas preventivas para impedir e combater outros possíveis ataques hackers. Segundo a Monex Group, a empresa responsável por comprar a exchange japonesa por 33,5 milhões de dólares, se acontecer um aumento significativo no volume de transações ou flutuações repentinas nos preços, as negociações podem ser suspensas temporariamente

Guia do Bitcoin

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.