Coinbase: Vitória parcial da exchange sobre a IRS após ordem judicial

0 Comentários

Logo após o preço da bitcoin cruzar a marca de US$ 10.000, a corretora de criptomoedas, Coinbase, teve um mau dia no tribunal em sua briga de mais de um ano com a Internal Revenue Service. Um tribunal federal na Califórnia ordenou que a empresa entregue à IRS os dados de mais de 14.000 de seus clientes que negociaram mais de US$ 20.000 em bitcoin entre 2013 e 2015.

A Coibase está a algum tempo lutando na justiça para não ter que informar o histórico de transações de seus clientes para a Internal Revenue Service(IRS), que solicitou a um tribunal federal que a exchange entregasse os dados, no entanto, o tribunal negou a petição original do IRS que solicitou a Coinbase para liberar registros de quase todos os seus clientes por um período de vários anos. Em vez disso, o tribunal limitou-o a apenas 14,355 clientes, dizendo que esse número seria suficiente para servir “ao propósito legítimo da IRS de investigar os titulares da contas da Coinbase que talvez não tenham pago impostos federais sobre seus lucros em moedas virtuais”.

Leia também  Bitstamp torna-se a primeira Bolsa de Bitcoin Licenciada do Mundo e atua nos 28 países da União Européia

Por sua vez, a Coinbase chamou a decisão de uma “vitória parcial sobre a IRS” em uma postagem de blog publicada na quarta-feira por seu diretor de comunicações, David Farmer. Ele disse que a empresa estava “orgulhosa de realizar duas vitórias importantes para nossos clientes”.

Além do fato da Coinbase ser obrigada agora a divulgar registros de apenas uma pequena porcentagem de seus quase seis milhões de clientes, o diretor falou na postagem que:

“a quantidade de dados que devemos passar para a IRS dos aproximadamente 14.000 clientes que permanecem no escopo foi significativamente reduzida.”

Os dados a serem entregues incluem nomes de clientes, endereços, datas de nascimento, identidade do contribuinte e um registro completo de toda a atividade da conta, incluindo outras contas às quais eles possam ter transferido dinheiro. O IRS quer investigar esses clientes porque, segundo análise feita pela própria instituição,  menos de 1.000 cidadãos relataram ganhos ou participações de criptomoedas em suas declarações fiscais durante os anos 2013-15, o que seria um absurdo, visto a quantidade de usuários que a exchange diz usar sua plataforma.

Leia também  Snapcard chega ao Brasil trazendo soluções em pagamento via Bitcoin para o E-commerce

A princípio a IRS solicitou os dados de 500 mil usuários, o que foi contestado pela Coinbase, declarando que isso seria uma violação aos direitos de privacidade de seus clientes.

“A Coinbase está no processo de revisão da ordem. À medida que prosseguirmos, continuaremos a manter nossos clientes atualizados. Nossa plataforma possui milhões de clientes e a solicitação reduzida afeta aproximadamente 14 mil dos clientes com maior histórico de transações entre 2 e 4 anos atrás. Isso representa menos de 1% de nossa base de clientes. No caso de, em uma última instância, sermos forçados a entregar os documentos sob pedido do tribunal, pretendemos notificar os usuários afetados antes de qualquer divulgação”, disse a empresa.

_______________________________________________________________________________
Publicação Traduzida e Editada pelo Guia do Bitcoin
Matéria Original: http://www.ibtimes.com/coinbase-claims-partia…

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Aviso de risco: Investir em moedas digitais, ações, títulos e outros valores, mercadorias, divisas e outros produtos de investimento derivado (por exemplo, contratos por diferença, “CFD”) é especulativo e representa um nível elevado de risco. Cada investimento é único e envolve riscos únicos.

Os CFD e outros derivados são instrumentos complexos e têm um risco elevado de perda rápida de dinheiro devido a alavancagem. Deverá ponderar se compreende como o investimento funciona e se consegue suportar o risco elevado de perda do seu dinheiro.

As criptomoedas podem ter preços flutuantes e, por isso, não são adequados a todos os investidores. A negociação de criptomoedas não é supervisionada por qualquer enquadramento regulador da UE. O desempenho anterior não garante os resultados futuros. Qualquer histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. O seu capital está em risco.

Quando negoceia em ações, o seu capital está em risco.

O desempenho anterior não é um indicativo fiável de resultados futuros. O histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. Os preços podem tanto subir como descer, os preços podem flutuar bastante, pode estar exposto a flutuações de taxa de câmbio e pode perder todo ou mais capital do que o que investiu. O investimento não é adequado para todos, certifique-se de que compreendeu totalmente os riscos e legalidades envolvidas. Se não tiver a certeza, procure aconselhamento financeiro, legal, fiscal e/ou contabilístico. Este website não oferece aconselhamento financeiro, legal, fiscal ou contabilístico. Alguns links são links afiliados. Para mais informação, leia o nosso aviso e declaração de risco completo.