Cinnamon terá novo serviço de streaming com tecnologia da Ripple

0 Comentários

A Ripple, criadora da RippleNet, já é conhecida por pagamentos feitos pela tecnologia blockchain e a sua próxima aposta será na criação de conteúdo. A Cinnamon, uma nova plataforma de conteúdo baseada no sistema de pagamentos Coil está agradecendo à Ripple pelo lançamento de um novo serviço de streaming de vídeo.

A Cinnamon já é conhecida por oferecer uma opção para recompensar criadores de conteúdo no Youtube. Os usuários pagam uma mensalidade à plataforma, que passa a fazer doações para os sites visitados.

Um tweet da Ripple fala um pouco sobre o novo projeto, afirmando que um novo serviço de streaming de vídeo reflete em um ecossistema XRP que está crescendo e se expandindo.

“O ecossistema #XRP continua a crescer e se expandir! Feito na plataforma @Coil, a @CinnamonVideo é a primeira plataforma de streaming de vídeo onde criadores de conteúdo são pagos diretamente pelo seu público. #Xpring #InternetofValue #blockchain”

O anúncio também continha um agradecimento à Interledger, um protocolo de pagamento entre blockchains criado por Stefan Thomas, um ex-CTO da Ripple que atualmente está no comando da Coil, e Evan Schwartz, engenheiro de software da Ripple que também é co-inventor do Interledger Protocol.

Leia também  Tutorial: Como comprar e vender altcoins na Poloniex

A Cinnamon terá conteúdos exclusivos para os membros da Coil em troca de uma taxa de assinatura fixa. Assim os criadores de conteúdo poderão ter uma monetização em tempo real baseada em micro pagamentos com criptomoedas.

O Cinnamon irá aproveitar tanto o recurso de monetização da Coil quanto a natureza cross-border da criptomoeda XRP.

Um possível competidor para o Youtube?

Como sabemos, o Youtube tem problemas constantes com monetização dos seus conteúdos. Os criadores precisam se basear em anúncios para monetizar os vídeos e livestreams, porém muitos apresentam total insatisfação com a forma que o Youtube gerencia esse sistema de monetização.

O surgimento de plataformas descentralizadas pode ser um perigo para a plataforma do Google, caso alguma delas alcance um grande nível de popularidade. Hoje já existem plataformas com monetização baseada em criptos como o Steemit e o Dtube que são baseadas na moeda Steem. Entretanto, nenhuma plataforma de vídeo conseguiu alcançar um nível de popularidade suficiente para ser uma ameaça ao Youtube.

Leia também  Bitstamp torna-se a primeira Bolsa de Bitcoin Licenciada do Mundo e atua nos 28 países da União Européia

A Cinnamon irá lançar mais novidades sobre a sua plataforma de streaming em breve. Quem quiser acompanhar as principais novidades, pode se inscrever no site para receber alertas.

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.