China proíbe executivos de Bitcoin deixarem o país, mineradores se “prepararam para o pior”

A mídia chinesa está informando que executivos de exchanges de criptomoedas foram ordenados a não deixar o país, afirmando:

“Uma série de fontes dizem que os executivos de plataformas especiais de exchanges de moedas não podem deixar Pequim, para cooperar com a investigação. De acordo com os requisitos regulamentares, os acionistas da plataforma de negociação, o atual controlador e executivos financeiros precisam cooperar plenamente com o trabalho relevante no período de limpeza em Pequim”.

A Financial Review (AFR) da Austrália diz que a mensagem acima foi confirmado com eles por “uma fonte próxima a uma das maiores exchanges, a Huobi“, que lhes disse que seu fundador, Li Lin, era obrigado a “informar as autoridades e cooperar com suas trabalhe a qualquer momento “.

Leia também  Ministério da Tecnologia da Informação da China apoia o novo laboratório de pesquisa Blockchain

A medida desesperada é realizada na sequência de uma decisão do Partido Comunista da China de fechar todas as exchanges de criptomoedas, com os volumes de negócios no país caindo consideravelmente.

Os volumes de negociação chineses agora representam apenas cerca de 5% – 10% dos volumes de negociação global de Bitcoin ou Ethereum. Com o preço significativamente inferior. O CoinMarketCap irá excluí-los dos cálculos dos preços médios.

China se isola do mundo: Bitcoin prospera independente dela

A China, portanto, parece ter se isolado, enquanto o resto do mundo parece avançar, mas questões são levantadas em relação aos mineradores, com cerca de 80% de suas operações centralizadas no país.

Um investidor em mineradoras chinesas de Bitcoin disse à AFP:

“Todos nós não estávamos acreditando que eles fechariam as exchanges, então estamos nos preparando para o pior”.

A decisão da China de fechar as exchanges surpreendeu muitos e foi muito inesperado com o governo autoritário não dando nenhuma pista que eles planejam tomar medidas tão desesperadoras.

Leia também  Como reconhecer e se defender das pirâmides financeiras?

Pergunta-se então, o que será que eles podem fazer quanto as operações de Mineração: uma indústria importadora de US$ 2 bilhões que pode ter dificuldade em operar sem a capacidade de vender seus bitcoins no mercado.

Os mineradores da China estão aparentemente se preparando para o pior, com alguns pensando em se mudarem para países vizinhos ou para áreas muito frias, como a Islândia.

Via: TrustNodes
Tradução: Guia do Bitcoin


É importante se manter informado todos os dias, siga nossos canais oficiais:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Bitcoins no seu e-mail

Digite o seu e-mail

loading...

8 Comentários



  1. Por isso que o comunismo é uma bosta, uns cabeças acham que sabe o que é melhor para milhoes de outras pessoas e dane-se, agente que decide e vocês obedecem… que pais louco…

    Responder

  2. Uma pena fico triste pela sofrida população chinesa que está sendo privada de mais um beneficio. Imagino o quão triste seria se estivéssemos passando pela mesma situação aqui no Brasil

    Responder

  3. Eu fico feliz, China é uma bosta, tá na hora de dar espaço a países mais sérios, como o Japão ou a Coréia. Bitcoin não precisa de Bitcoin para absolutamente nada. E o que pode acontecer é que os china vão inundar o mercado Ocidental, já que sabem que Bitcoin é proteção desse governo comuna que eles têm.

    Responder

  4. Um país xexelento no quesito livre mercado fazendo tanto barulho. Sem problema, que voltem para a Idade Média.

    Responder

    1. 1) Pare de falar em “livre mercado”, pq esse termo é fantasioso e só funciona no livro encantado de Mises ou nas tentativas ilógicas do tetudo do Rodrigo Constantino de empurrar esse mito na goela dos brasileiros.

      2) Vários países que “são melhores no livre mercado” estão ou tentando uma maneira de regular as CM ou desvalorizá-las por meio de afirmações sem fundamento, pq não sabem como administrar um novo modelo de ativo financeiro.

      3) Ainda bem que a China AINDA não tem predominante influência no mercado de CM.

      Responder

      1. Deixa eu ver se entendi… Então você é a favor das CM mas contra o livre mercado? É isso mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *