BitTorrent vai lançar criptomoeda na rede Tron

0 Comentários

O BitTorrent foi pioneiro na tecnologia de transferência de arquivos P2P. Agora, a empresa está desenvolvendo a sua própria criptomoeda.

Feita pelo BitTorrent Foundation, localizada em Singapura, a nova BitTorrent Token (BTT) vai funcionar com o protocolo tron. A notícia veio alguns meses depois da aquisição do BitTorrent pela Tron, a compra aconteceu em junho do ano passado. O número de usuários do BitTorrent continua alto, por volta de 100 milhões.

Justin Sun, fundador da Tron e agora CEO do BitTorrent, disse em um release de imprensa:

“Em um grande salto, nós podemos introduzir a blockchain para centenas de milhões de usuários em todo o mundo e empoderar uma nova geração de criadores de conteúdo com ferramentas para distribuir suas criações diretamente para os outros usuários da internet”.

O plano de lançar um token digital segue o anúncio do Project Atlas, relevado pelo BitTorrent no final de agosto de 2018. O Project Atlas é uma nova iteração do software P2P da empresa, ele oferece aos usuários a oportunidade de gastar e ganhar criptomoedas enquanto compartilham arquivos.

Com o atual sistema, os usuários precisam colocar um arquivo no sistema para poder baixar algo. Mas como Sun explica em um vídeo do YouTube, os usuários têm pouco incentivo para deixar o arquivo na rede depois de baixado, ação que chamados de “semear”. A grande maioria dos usuários que semeiam os arquivos, fazem por boa vontade.

Com o BTT, usuários vão poder pagar alguém com o arquivo para semear para eles ou então para aumentar a banda de transferência para downloads mais rápidos. Com a possibilidade de pagamento, os hospedeiros do arquivo têm mais incentivo para continuar semeando na rede.

Um representando da Tron confirmou que a companhia não vai ficar com nenhuma porcentagem do valor transferido pelos usuários.

O BitTorrent Token vai ter um protocolo TRC-10 (comparável com o ERC-20 que temos na rede do Ethereum). De acordo com o white paper do ativo digital, um suprimento total de 990 bilhões de BTT serão mineráveis.

A criptomoeda vai estar disponível para pessoas de fora dos EUA através do Binance Launchpad, um serviço de listagem para empreendedores que buscam financiamento através de vendas de tokens.

O ativo digital vai estar disponível primeiro no cliente do µTorrent Classic para Windows, que é o mais usado serviço de torrent do mundo. A Tron também informou que o Project Atlas vai ter retrocompatibilidade com outros clientes de torrent. Ou seja, quem não está interessado no BTT ainda vai poder baixar e fazer upload de arquivos.

Veja também: BitMex faz agradecimento a Satoshi Nakamoto na primeira página do jornal Times

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.