Bannon, o ex-conselheiro de Trump, pensa em lançar sua própria criptmoeda

0 Comentários

O ex-conselheiro de Donald Trump, Steve Bannon, é agora o mais novo jogador no mercado de  criptomoeda, afirmando que ele não só possui bitcoin, mas também está pensando em criar seu próprio criptomoeda.

“Eu gosto de bitcoin. Eu tenho bitcoin”, disse Bannon à CNBC durante a conferência Delivering Alpha, em Nova York, na quarta-feira.

Apesar da extrema volatilidade das criptos, Bannon disse que as moedas digitais são o “futuro”.

A criptomoeda que Bannon está pensando em lançar seria chamada de moedas “deplorables” ou “deploráveis” em português, que é uma referência ao modo como Hillary Clinton descreveu os partidários de Trump durante a campanha presidencial de 2016 – “cesta de deploráveis”.

Além da volatilidade, um dos aspectos mais perigosos para o mercado de criptomoedas são as ofertas iniciais de moedas (ICOs), disse Brannon, alertando os investidores contra o envolvimento.

“Muitos investidores são atingidos por coisas que não são pensadas”, disse ele.

Apesar do otimismo de Bannon, a conferência Delivering Alpha foi bastante crítica em relação ao espaço do dinheiro digital, especialmente à luz da queda massiva do bitcoin de um recorde de quase US$ 20.000 em dezembro.

Em termos de ação de preço de curto prazo, o bitcoin está tendo uma ótima semana até agora, subindo 19% nos últimos quatro dias. O Bitcoin foi negociado pela última vez a até o momento da edição por US$ 7.364,80, alta de 0,61% no dia.

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.