Banco Holandês está irritado com quantidade de energia elétrica consumida pelo Bitcoin

O banco holandês ING está irritado sobre o fato de bitcoin consumir tanta energia elétrica. Recentemente, o banco divulgou um relatório dizendo que as transações de bitcoin consomem tanta energia quanto uma casa inteira consome em um mês. Eles acham que isso é problemático, já que os métodos tradicionais de pagamento eletrônico não usam tanta energia, de acordo com o banco. Eles continuaram dizendo que o dinheiro fiduciário precisa de impostos.

Quanta energia elétrica o Bitcoin consome?

Um economista sênior da ING, Teunis Brosens, explicou por que o uso de energia é tão alto. “Ao certificar-se de que a verificação de transações é um negócio caro, a integridade da rede pode ser preservada enquanto os nós benevolentes controlarem a maioria do poder de computação”.

Leia também  Investidor de startups de Bitcoin e co-fundador do Paypal junta-se à equipe de transição de Trump

O economista então passou a comparar o consumo de energia bitcoin com seus eletrodomésticos. Um artigo do Business Insider seguiu os seus pensamentos:

“Este número precisa de algum contexto. 200 kWh é suficiente para executar mais de 200 ciclos de lavagem. Na verdade, é suficiente manter toda a minha casa ao longo de quatro semanas, o que consome cerca de 45 kWh por semana, custando 39€ de eletricidade (a preços de consumo holandeses atuais).”

Banqueiros usam mais eletricidade do que Bitcoiners

No entanto, não é 100% verdade que os Bitcoiners consomem quantidade de energia “exponencialmente maior” do que os sistemas financeiros legados. Os banqueiros não levaram em conta a energia que eles estão usando para administrar seu sistema antiquado. Apenas os escritórios dos 20 maiores bancos dos EUA consomem 2628 MW, enquanto a rede bitcoin consumiu 246 MW, de acordo com o artigo (na época).

Leia também  "Bitcoin é como a Apple": especialista acredita que criptomoeda valerá $100.000

“Inovação é desnecessária”, segundo banqueiro

No entanto, o banqueiro do ING concluiu dizendo que o dinheiro fiduciário (fiat) está aqui para ficar. As pessoas ainda continuarão recebendo seus salários pagos em fiat, e eles continuarão pagando impostos em fiat. O banqueiro parece implicar que a inovação era “desnecessária” e os sistemas financeiros legados estavam aqui para ficar, porque o governo e os bancos centrais afirmam isso.

O que você acha do consumo de energia elétrica do Bitcoin versus o consome de energia para se manter tantas agências bancárias e infraestrutura?

Acompanhe notícias todos os dias sobre Bitcoin e Criptomoedas:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Posts relacionados

Leia também  Peter Thiel acredita no bitcoin e afirma que será o "equivalente on-line ao ouro"

Exchanges experimentam dificuldades durante a distribuição do “Bitcoin Cash”

Várias exchanges importantes de criptomoedas enfrentaram várias dificuldades durante a antecipada distribuição do Bitcoin Cash que ocorreu ontem (1). A partir de um certo horário, os clientes da Kraken e…

0 Comentários

Além do Bitcoin: conheça 4 criptomoedas que estão deixando sua marca

Apenas alguns anos atrás, se você pensou pensasse em criptomoeda, você só pensaria em Bitcoin. O Bitcoin foi o centro das atenções em 2013. A essa altura, o governo dos…

0 Comentários