Análise Técnica NANO/BTC – 31/10/2018

0 Comentários

Muitos devem se perguntar, sobretudo os amantes inveterados do criptoativo cuja rede se comporta de forma indecisa como um libriano: por que praticamente não existem análises de NANO por aí, se comparadas a outras criptomoedas até mesmo menos conhecidas e consolidadas no mercado? A resposta para essa pergunta é complexa e pode possuir diversas razões possíveis. Dentro do ponto de vista técnico, no entanto, o motivo é relativamente claro: a Nano, assim como muitas criptomoedas sem expressão e perdidas pelo CoinMarketCap, não respeita os principais indicadores de análise técnica, tornando a maioria das tentativas de controlar os momentos de entrada e saída muito perigosos.

Em um prazo aproximado de sete a oito meses, a Nano atingiu sua alta histórica de 34,43 USD e chegou a corrigir para 0,70 USD, aproximadamente, nas principais exchanges. Ou seja: a Nano, em um prazo bastante curto de tempo, conseguiu alcançar inacreditável desvalorização de 97,96% no período citado. O preço atual do ativo, durante a feitura desta análise é de 1,99 USD.

Uma vez que o comportamento dos candles é bastante complexo e confuso, optamos por trabalhar através do padrão de Renko, pouquíssimo conhecido e utilizado. Grosso modo, este padrão visual trabalha somente sobre a variação dos preços do mercado. Desta forma, as chances de erro são reduzidas minimamente.

O forte movimento baixista iniciado em meados de maio deste ano, extrapolou os 100% da Extensão de Fibonacci, porém não buscou o próximo fundo em 161,8%. De maio a agosto, o movimento corretivo comprador, no gráfico Renko, atingiu os 38,2% da Retração de Fibonacci, índice abaixo da média, que gira em torno de 50% a 61,8%, aproximadamente.

Sendo assim, temos como hipótese baixista atual, caso o mercado se comporte como deve, de alvos de compra prováveis no diário entre 0.000269 BTC e 0.000237 BTC, respectivamente. O RSI deve ser utilizado como termômetro para indicar, juntamente com os box de Renko, os pontos de entrada (sobrevenda/próximo a sobrevenda) e saida (sobrecompra/próximo a sobrecompra).

Conforme sempre sugerimos aos nossos leitores, invistam com a cabeça, nunca com o coração.

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.