Alerta: Ministros alemães e franceses convocam os países do G20 pra discutir sobre criptomoedas

1 Comente

Ministros da França e da Alemanha estão pedindo que o grupo de países do G20 discuta ações conjuntas antes da reunião no próximo mês.

Em uma carta dirigida ao governo argentino, que atualmente detém a presidência do G20 – o ministro das finanças francês, Bruno Le Maire, o ministro alemão das Finanças Peter Altmaier, bem como os governadores dos respectivos bancos centrais do país, expressaram preocupações sobre o impacto das criptomoedas, que segundo eles “pode representar riscos para os investidores”.

Ainda não se sabe que tipo de regulamentação pode surgir a partir das discussões na cúpula do G20, embora a carta aponte para algo chamado “medidas adequadas”.

“Nós acreditamos que pode haver novas oportunidades decorrentes dos tokens e das tecnologias por trás deles”, “no entanto, os tokens podem representar riscos substanciais para os investidores e podem ser suscetíveis ​​a crimes financeiros se não forem tomadas medidas adequadas, a longo prazo, os riscos potenciais podem trazer instabilidade financeira”.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.