A SEC finalmente aprovará as ETFs do Bitcoin?

0 Comentários

O foi destaque nas manchetes no ano passado, seja por uma boa ou por uma razão errada. Foi o ativo que mais deu retorno em 2017, mas simplesmente caiu neste ano com preocupações da supervalorização, burocracia excessiva e vários bancos centrais alertando sobre o valor da moeda.

O preço do Bitcoin atingiu o pico em meados de dezembro, para mais de US $ 19.000, mas o ativo perdeu quase 60% devido a desvalorização. Com um longo rastro de volátilidade neste ano, a criptomoeda agora gira em torno de US $ 7.000.

No que diz respeito à implementação de ETFs no bitcoin, várias tentativas foram feitas anteriormente. As expectativas eram altas sobre uma provável estreia da do bitcoin neste ano, especialmente com a Global Markets lançando três contratos futuros de bitcoin em dezembro. Mas a Securities and Exchange Commission () dos EUA despejou água fria em todas as esperanças no início deste ano.

SEC reconsiderará sua decisão?

No que diz respeito aos últimos desenvolvimentos, a Cboe Global Markets, o primeiro a produzir futuros sobre bitcoin, quer que a SEC permita fundos negociados em bolsa com criptomoeda. Depois disso, a Comissão de Valores Mobiliários (Securities and Exchange Commission – SEC) disse que está ponderando sobre uma mudança de regra que permitiria que os ETFs bitcoins fossem listados nas exchanges.

Leia também  O navio de Teseu: Bitcoin e/ou Bitcoin Cash?

Segundo a SEC, “a agência iniciou o processo para aprovar ou desaprovar uma mudança em suas regras que permite que dois ETF bitcoin sejam listados na bolsa NYSE”. Esses dois ETFs são Proshares Bitcoin ETFs e Proshares Short Bitcoin ETFs.

Por que tal rigor?

Muitos analistas estão emitindo avisos sobre o bitcoin. A SEC está cautelosa com a extrema volatilidade dos preços e liquidez dos fundos relacionados a bitcoins. Vários bancos centrais emitiram advertências contra isso.

Ultimamente, o Banco da Reserva da Índia emitiu uma ordem dizendo que todas as entidades sob sua regulamentação teriam três meses para cortar os laços com qualquer serviço relacionado a criptomoeda. O pedido tornará difícil para os indianos comprarem criptomoedas.

A RBI apelou para a proteção ao consumidor e esforços contra lavagem de dinheiro como razões para tal repressão. O Banco do Estado do Paquistão também impôs restrições as negociações de criptomoedas, não são emitidos ou garantidos pelo governo do Paquistão”.

Leia também  Análise Técnica de Preços Bitcoin: A bola de cristal

A Coreia do Sul, que representa cerca de 20% do comércio global de bitcoins, ordenou que 12 exchnages de criptomoedas revisassem seus contratos com consumidores.

A China também colocou um embargo em todas as exchanges de criptomoedas no ano passado. O governo chinês também reprimiu as ofertas iniciais de moeda (ICO). Este ano, a China planeja realizar as retificações nos regulamentos de criptomoedas.

O Banco da Reserva da Austrália o vê como “mania especulativa” e considera o bitcoin mais popular na mercado negro, não entre os consumidores. O governador do Banco da Reserva da Nova Zelândia chamou-o de “caso clássico” de uma bolha.

Se isso não bastasse, para muitos as criptomoedas são vistas apenas para escapar dos impostos, lavar dinheiro ou financiar o terrorismo. O , e proibiram anúncios de bitcoin para evitar fraudes.

Leia também  Grupo Chinês investe mais de US$ 20 milhões em Blockchain e Bitcoin

A SEC dará permissão aos ETFs?

Dados os desenvolvimentos recentes contra a criptomoeda, as chances parecem fracas. Os investidores também devem observar que os futuros de bitcoins da Cboe, lançados no início de dezembro, têm volumes baixos de negociação. Então, se aprovado, os ETFs bitcoin poderiam ter o mesmo destino.

A partir de agora, os investidores que desejam apostar numa ETF bitcoin, podem por enquanto investir em ETFs da , através Nasdaq NexGen Economy ETF BLCN e a Amplify Transformational Data Sharing ETF BLOK.

Saiba mais sobre as ETFs blockchain aqui.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]