A Polônia se torna o primeiro país a colocar os registros bancários em uma blockchain

0 Comentários

A empresa polonesa de tecnologia Billion está fazendo uma parceria com o Escritório Nacional de Crédito para usar a para registrar os créditos de 24 milhões de pessoas e mais de um milhão de negócios, de acordo com um anúncio recente.

O escritório de crétido polonês é o maior na Europa central e leste, e a parceria tornará a no primeiro país a colocar os registros bancários de sua população em uma blockchain, o anúncio enfatizou.

A tecnologia da blockchain da Billion beneficiará o público com maior segurança, integridade e com a imutabilidade dos dados, segundo o anúncio. Foi garantida a “total visibilidade, traçeabilidade e plena integridade dos dados para qualquer documento do cliente, inclusive documento bancário, registros de empréstimos e contas de telefone.

E acordo com  anúncio, o escritório é posse dos maiores bancos do país, incluindo Pekao, ING, mBank, Santander e Citi.

Leia também  "Cuidado" hardware-wallet Ledgers tem uma vulnerabilidade crítica

Antes da publicidade da parceria, esses bancos e vários outros participaram de um julgamento, que estabeleceu que a arquitetura da escalabilidade da blockchain da Billion poderia publicar 150 milhões de documentos por mês. Isso seria mais que suficiente mesmo para as maiores instituições mudar para oferecer um serviço sem papel ao consumidor, o anúncio prometeu.

A solução foi aprovada seguida à extensa consulta com o escritório de proteção de dados da Polônia, fazendo dessa a primeira solução blockchain do mundo nessa direção, e a única com registro de dados on-chain e um mecanismo que permite o “direito de apagar dados pessoais”, segundo a Billions.

“Nossa parceria é o começo da uma verdadeira revolução no gerenciamento de informação. Agora é possível mover adiante dos limites de databases centralizadas para uma interner democrática baseada em blockchain onde cada usuário tem controle sobre sua identidade”, afirmou Andrzej Horoszcak, CEO da Billion. “Essa solução provê a primeira plataforma blockchain que oferece ao consumidor serviços processados e implementados com o ‘direito de ser esquecido’. Estamos consertando o problema do controle dos dados do consumidor, criando um nível entre indivíduos e coorporações. Os benefícios pode afetar mais do que o setor financeiro tais como as telecomunicações, seguros e utilidades. Nossa coorporação é apenas um passo a introduzir a tecnologia da blockchain para as massas e usá-la para gerenciamento confiável de documentação”.

Leia também  Alterações na regulamentação de casinos na Europa pode valorizar o preço do Bitcoin

Fonte: https://beat.10ztalk.com/2018/05/16/poland-becomes-first-country-to-put-banking-records-on-blockchain/

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/